- - - - - - - -- - - - - - - -- - - - - - - - --Jornal do Commercio - Recife, 12 de maio de 1998

TERRAS III
Fazenda de Calmon de Sá volta a ser invadida na Bahia

SALVADOR - Cerca de 300 trabalhadores rurais ligados ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) voltaram a invadir, na madrugada de ontem, a fazenda Santa Maria, que pertence ao ex-banqueiro Angelo Calmon de Sá. Os sem-terra haviam sido despejados da fazenda no último dia 1, por determinação do juiz Vilebaldo José de Freitas Pereira. Localizada no distrito de Jaíba, em Feira de Santana (108 km de Salvador), a fazenda tem cerca de 2.500 hectares, segundo informações dos líderes do MST. "A fazenda é improdutiva", disse o coordenador do MST na Bahia, Valmir Assunção.

Segundo os advogados de Calmon de Sá, a fazenda serve de modelo para universidades e pesquisadores agrícolas. Os advogados pediram, ontem, ao juiz Vilebaldo José de Freitas Pereira a reintegração de posse em favor dos proprietários da fazenda. No documento encaminhado à 1ª Vara Cível de Feira de Santana, os advogados alegam que a fazenda possui um rebanho de 1.700 bovinos e 50 eqüinos. Também na madrugada de ontem cerca de 350 famílias (aproximadamente 1.400 pessoas) invadiram uma fazenda de 4.000 hectares em Itamaraju (BA). Segundo o MST, a fazenda pertence ao deputado federal Jaime Fernandes Filho, que é casado com uma filha de Calmon de Sá. "A fazenda já foi vistoriada pelo Incra e agora estamos aguardando a desapropriação", disse Valmir Assunção.




   

Índice | Editorial | Política | Brasil | Internacional | Cidades | Ciência/Meio Ambiente | Esportes | Economia |
Caderno C | Informática | Turismo | Charge | Colunas | Regional | Veículos | Família | Especiais

Últimas Notícias | JC Debate | Roteiro | Weekend | Bate-papo | Tábua de Marés
Fale com o JC | Links | Classificados | Rádio Jornal| Edições Anteriores | Assinantes