- - - -- - - - - - - -- - - - - - - -- - - - --Jornal do Commercio - Recife, 12 de maio de 1998

VISITA
João Paulo II abençoa Ronaldinho

CIDADE DO VATICANO - O Papa João Paulo II recebeu ontem em audiência privada o futebolista brasilieiro Ronaldinho, conhecido na Itália como "o fenômeno", que joga pela Inter de Milão.

Ronaldinho foi recebido em companhia de sua mãe na biblioteca particular do Pontífice. O brasileiro, que se persigna antes de cada jogo e depois que marca um gol, está comprometido em uma campanha mundial contra o trabalho infantil e denunciou o fato de que em alguns países, como o Paquistão, são utilizados menores para a fabricação de bolas de futebol.

Depois da audiência, o Papa mostrou que não estava muito inteirado do que acontece no mundo do futebol e até perguntou a Ronaldinho que esporte ele praticava e de que nacionalidade era.

Como resposta, o popular Ronaldinho o presenteou com uma camisa da Seleção Brasileira e outra da Inter de Milão. Recentemente, o astro brasileiro foi criticado pelos bispos de seu país por ter concordado em protagonizar uma propaganda em que aparece aos pés do Corcovado, com os braços abertos, como o Cristo na cruz. "Não queria ofender ninguém", disse o artilheiro em uma entrevista à imprensa: "É o mesmo gesto que faço quando marco um gol", explicou.


     

Índice | Editorial | Política | Brasil | Internacional | Cidades | Ciência/Meio Ambiente | Esportes | Economia |
Caderno C | Informática | Turismo | Charge | Colunas | Regional | Veículos | Família | Especiais

Últimas Notícias | JC Debate | Roteiro | Weekend | Bate-papo | Tábua de Marés
Fale com o JC | Links | Classificados | Rádio Jornal| Edições Anteriores | Assinantes