- - - -- - - - - - - -- - - - - - - - - - - - --Jornal do Commercio - Recife, 16 de julho de 1998

PERDA
Morre o último dono do patrimônio de Gonzagão

por CLÁUDIA PARENTE
Correspondente

EXU - Morreu na madrugada de ontem, neste município, o empresário José Alves de Alencar, mais conhecido como "Zito Urbano", dono do Parque Asa Branca, onde está localizado Museu do Gonzagão, e de todo patrimônio que pertenceu ao rei do baião. "Zito Urbano", 46 anos, sofreu um infarto agudo do miocárdio e veio a falecer minutos depois no Hospital Dr. Tárcio Ulisses de Carvalho, em Exu. Durante toda o dia de ontem, jornalistas e artistas como Fagner e Dominguinhos, ligaram para prestar solidariedade à família do empresásio.

Fã incondicional e amigo íntimo de Luiz Gonzaga, Zito Urbano adquiriu o Parque Asa Branca há sete anos, depois da morte de Gonzaguinha. A herdeira majoritária do rei do baião, sua filha Rosinha Valença, ofereceu o patrimônio do pai ao empresário que não titubeou em comprá-lo. "Na ocasião, Rosinha afirmou que não queria mais nenhum vínculo com o lugar. Então, Zito aproveitou para realizar um sonho", conta Francisco de Assis, que trabalhou para o empresário durante 16 anos. Segundo ele, o principal objetivo com a compra do parque era preservar o lugar, sem finalidades capitalistas. "Ele realizava as festas com dinueiro do próprio bolso, já que a entrada era gratuita", completa.

Durante seis anos, Zito Urbano patrocinou a festa do aniversário do Gonzagão e sempre se queixou do descaso das autoridades com relação ao evento e à obra do cantor. "Apesar da importância da música de Luiz Gonzaga, os governantes não contribuem para manter a sua memória viva", declarou em entrevista ao JC, em dezembro do ano passado. Com a morte de "Zito Urbano", um fantasma passa a assombrar a população de Exu: o medo que as comemorações do dia 13 de dezembro, que já se tornaram tradição, deixem de ser realizadas. "Uma parte da cultura de Exu vai junto com Zito. Esperamos que alguém dê continuidade ao seu trabalho", diz Alberto do Santos, membro da Associação de Cultura Artística de Exu. O empresário será sepultado hoje pela manhã, no Cemitério São Raimundo.


     

Índice | Editorial | Política | Brasil | Internacional | Cidades | Ciência/Meio Ambiente | Esportes | Economia |
Caderno C | Informática | Turismo | Charge | Colunas | Regional | Veículos | Família | Especiais

Últimas Notícias | JC Debate | Roteiro | Weekend | Bate-papo | Tábua de Marés
Fale com o JC | Links | Classificados | Rádio Jornal| Edições Anteriores | Assinantes