- - - - -- - - - - - - -- - - - - - - - --Jornal do Commercio - Recife, 17 de dezembro de 1998

ACIDENTE
Donos de fábrica de fogos têm preventivas

SALVADOR - A juíza Zenildes Vasconcelos, da comarca de Santo Antônio de Jesus, decretou, ontem, as prisões preventivas dos dois proprietários da fábrica de fogos, que explodiu na última sexta-feira (11), Osvaldo Prazeres e seu filho Mário, que estão foragidos. Quem recebeu a intimação foi o vereador Gildo Bastos, outro filho de Osvaldo. Ele reafirmou que a fábrica cumpria todas as normas de segurança estabelecidas pelo Exército e Prefeitura. Para ele, o acidente foi uma "fatalidade"

O número de mortos da explosão na fábrica de fogos aumentou, ontem à tarde, para 54. O acidente, o maior do Brasil envolvendo fogos, ocorreu quando mais de 80 pessoas trabalhavam no local. Onze pessoas permanecem internados com queimaduras graves nos hospitais Geral do Estado e Ernesto Simões. O acidente já matou 80% das pessoas que estavam trabalhando na fábrica no momento da explosão.

Vitória, filha de uma das vítimas fatais do acidente, que nasceu na sexta-feira, está reagindo bem e deve sobreviver. Entre os últimos pacientes a morrer está Claudiane Nascimento Santos, grávida de seis meses.




   

Índice | Editorial | Política | Brasil | Internacional | Cidades | Ciência/Meio Ambiente | Esportes | Economia |
Caderno C | Informática | Turismo | Charge | Colunas | Regional | Veículos | Família | Especiais

Últimas Notícias | JC Debate | Roteiro | Weekend | Bate-papo | Tábua de Marés
Fale com o JC | Links | Classificados | Rádio Jornal| Edições Anteriores | Assinantes