- - - -- - - - - - - -- - - - -- - - ---Jornal do Commercio - Recife, 17 de dezembro de 1998

POLÍTICA MILITAR II
Comissão denunciou manobra no processo de promoção dos PMs

O caso da promoção de oficiais militares foi denunciado por uma comissão de oficiais da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), no final do mês passado. Segundo a comissão, entre os beneficiados para os postos de coronel estariam os tenentes-coronéis Luiz Pinto, Mário Albuquerque, Roberto Melo, Carlos Alberto e Roberto Viana. Uma das promoções de major ficaria com o capitão Clênio do Nascimento, que é ajudante de ordens do comandante da PM, coronel Gustavo Monteiro.

Caso promovidos, os tenentes-coronéis indicados estariam passando na frente de outros 25 colegas que já estavam em condições de promoção. O capitão Clênio, por exemplo, estaria deixando para trás 156 outros oficiais da Casa Militar. Além de recorrerem ao Tribunal de Justiça e ao Ministério Público, a comissão procurou também a Assembléia Legislativa.

Os oficiais chegaram a afirmar que o quadro de acesso por merecimento - instrumento usado para definir quem será promovido dentro da instituição - foi adulterado. Eles denunciaram ainda outras manobras do governador Miguel Arraes, como a própria reativação de órgãos da PM que já estavam desativados. Até o fechamento desta edição, o Governo do Estado não havia se pronunciado sobre a suspensão das promoções.


     

Índice | Editorial | Política | Brasil | Internacional | Cidades | Ciência/Meio Ambiente | Esportes | Economia |
Caderno C | Informática | Turismo | Charge | Colunas | Regional | Veículos | Família | Especiais

Últimas Notícias | JC Debate | Roteiro | Weekend | Bate-papo | Tábua de Marés
Fale com o JC | Links | Classificados | Rádio Jornal| Edições Anteriores | Assinantes