- - -- - - - - - - -- - - - - - - - --Jornal do Commercio - Recife, 17 de dezembro de 1998

CONTAS PÚBLICAS VII
Ipsep atrasa pensão de novembro

Cerca de 80 pensionistas do Instituto de Previdência dos Servidores de Pernambuco (Ipsep) realizaram protestos, ontem pela manhã, na sede do órgão, revoltados pela atraso no pagamento dos salários de novembro e 13º. A receita do Ipsep é composta pelas contribuições dos servidores estaduais e municipais, mais o percentual dos órgãos empregadores.

Em nota divulgada à imprensa, a diretoria alega que só será possível anunciar a tabela de pagamento depois que forem repassados os percentuais descontados na folha dos servidores. São 30 mil pensões, consumindo R$ 28 milhões. Segundo a nota, o pagamento deve começar dia 21. Os pensionistas alegavam falta de dinheiro até mesmo para a alimentação.

Ana Maria da Silva França, filha de uma pensionista de 79 anos, disse que devido ao atraso está em débito com as contas de luz e água e não há mais dinheiro para comprar alimentos. "Minha mãe toma remédio controlado e não temos como comprar. Esse será o pior Natal dos últimos anos", reclama.


     

Índice | Editorial | Política | Brasil | Internacional | Cidades | Ciência/Meio Ambiente | Esportes | Economia |
Caderno C | Informática | Turismo | Charge | Colunas | Regional | Veículos | Família | Especiais

Últimas Notícias | JC Debate | Roteiro | Weekend | Bate-papo | Tábua de Marés
Fale com o JC | Links | Classificados | Rádio Jornal| Edições Anteriores | Assinantes