- - - -- - - -- - - - - - - -- - - - - - --Jornal do Commercio - Recife, 13 de dezembro de 1998

ESPECIAL / AI5
Sindicatos "amarrados", ACO resistindo

Com os sindicatos desarticulados - sob intervenção, líderes presos, trabalhadores com medo de participar - a Ação Católica Operária (ACO) foi uma entidade de resistência que teve papel fundamental na organização dos trabalhadores durante a ditadura. "Com o AI-5, a ACO fazia o papel dos sindicatos", diz João Francisco, militante operário da indústria têxtil, preso e torturado pelos militares, em 1972.

Atuando em diversos Estados, a ACO de Pernambuco teve atuação forte graças ao apoio do arcebispo de Recife e Olinda, Dom Hélder Câmara. A entidade tinha ação predominante nos meios operários. "A ACO tinha certa liberdade por ser ligada à Igreja e usou isso de forma muito firme", lembra o padre Reginaldo Veloso.

A ACO, no entanto, não foi poupada de tudo, sendo invadida e tendo o padre Romano - seu coordenador - detido, em 1973. Os militares queriam cópias de documentos produzidos pela entidade. A ACO lançou diversos documentos, como o "Nordeste: homem proibido", de repercussão internacional.

Outro alvo da repressão foi a Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetape). Ao contrário dos sindicatos rurais, que sofreram intervenções, a Fetape conseguiu manter seus dirigentes, mas com atuação limitada. "Foi uma agonia desgraçada. Qualquer mobilização era vigiada", lembra o ex-presidente da Fetape, José Rodrigues, que em 68 atuava em Bom Jardim. "Durante o AI-5 as lutas eram mais no campo individual das causas trabalhistas", diz o ex-deputado Romeu da Fonte, um dos advogados ligados à federação, responsáveis pelo trabalho formiguinha junto aos trabalhadores.


     

Índice | Editorial | Política | Brasil | Internacional | Cidades | Ciência/Meio Ambiente | Esportes | Economia |
Caderno C | Informática | Turismo | Charge | Colunas | Regional | Veículos | Família | Especiais

Últimas Notícias | JC Debate | Roteiro | Weekend | Bate-papo | Tábua de Marés
Fale com o JC | Links | Classificados | Rádio Jornal| Edições Anteriores | Assinantes