- -- - - -- - - -- - - -- - - -- - - -Jornal do Commercio - Recife, 17 de dezembro de 1998

DITADURA
Suíça pede a extradição de argentino

BUENOS AIRES - O ex-repressor argentino Emilio Massera foi notificado ontem de que a Justiça suíça pediu sua extradição pelo desaparecimento de um jovem suíço durante a ditadura na Argentina (1976-83).

Massera, hoje em prisão domiciliar pela acusação de roubo de bebês durante o regime militar, foi conduzido a um juizado, onde foi notificado formalmente do pedido suíço.

Seu advogado, Miguel Arce Aggen, rechaçou o pedido alegando "questões de territorialidade". Aggen afirmou que Massera não está na mesma situação de Pinochet, pois o ex-ditador não foi julgado no Chile e portanto não cabe comparação entre os casos.

Massera, ex-chefe do Exército argentino, de 73 anos, foi preso em novembro por sua suposta participação num plano sistemático de roubo de crianças nascidas na prisão, mas por causa de sua idade, cumpre prisão domiciliar.

Depois do parto, as mães normalmente desapareciam e os bebês eram entregues a militares e policiais que os adotavam como se fossem seus ou eram levados a centros de adoção. Em raras ocasiões as crianças eram entregues aos familiares das presas. Outros quatro repressores argentinos são acusados de participação no roubo das crianças.

Entre junho e dezembro foram detidos o ex-general Jorge Videla, o ex-vice-almirante Antonio Vañek e o contra-almirante aposentado José Suppicich.

Com a volta da democracia, Massera, Videla e outros militares foram condenados em 1985 à prisão perpétua por violação dos direitos humanos. Mas em 1990, o presidente Carlos Menen os indultou, provocando fortes críticas da opinião pública e das organizações de defesa dos direitos humanos.

 
 
 

Índice | Editorial | Política | Brasil | Internacional | Cidades | Ciência/Meio Ambiente | Esportes | Economia |
Caderno C | Informática | Turismo | Charge | Colunas | Regional | Veículos | Família | Especiais

Últimas Notícias | JC Debate | Roteiro | Weekend | Bate-papo | Tábua de Marés
Fale com o JC | Links | Classificados | Rádio Jornal| Edições Anteriores | Assinantes