- - -- - - -- - - -- - - -- - - -- - - -Jornal do Commercio - Recife, 22 de setembro de 1998

VIOLÊNCIA
Carro que acompanhava ex-prefeito leva três tiros

SOLIDÃO - O carro que acompanhava o ex-prefeito e líder da oposição deste município, Genivaldo Soares, foi atingido por três tiros de espingarda calibre 12 na noite do último sábado, quando retornava de um comício no Sítio Canoas, a 10 km da cidade. Três vereadores do PSDB iam no Escort baleado (placa PLA-2228), mas ninguém foi atingido. Soares diz ter sido vítima de uma emboscada preparada por cinco pessoas ligadas à prefeita de Solidão, Jacinete Vieira de Melo (PSB), entre elas, o seu primo e presidente do PT na cidade, Nélio Vieira de Melo.

"Não morremos por um milagre. Nossos adversários estão desesperados", acusou o ex-prefeito ao prestar queixa, ontem, à Delegacia de Tabira. Ele também entrou com um pedido de garantias de vida à Polícia Militar de São José do Egito. A delegada Patrícia Martins ainda ouviu J.G.M.A., 16, residente em Solidão, que, segundo Soares, teria participado do atentado e nomeado os mandantes. O menor foi liberado logo após odepoimento.

Surpresa, a prefeita Jacinete Vieira de Melo (PSB) desafiou Soares a provar as acusações. "Quando soube do ocorrido procurei a polícia para as devidas providências", diz. Segundo o presidente do PT, tudo foi armação do ex-prefeito que vem usando J.G.M.A. para atingi-los politicamente.


 

 

Índice | Editorial | Política | Brasil | Internacional | Cidades | Ciência/Meio Ambiente | Esportes | Economia |
Caderno C | Informática | Turismo | Charge | Colunas | Regional | Veículos | Família | Especiais

Últimas Notícias | JC Debate | Roteiro | Weekend | Bate-papo | Tábua de Marés
Fale com o JC | Links | Classificados | Rádio Jornal| Edições Anteriores | Assinantes