bqfotool.gif (2761 bytes)
LG_jc.gif (3670 bytes) CB_brasil.gif (6025 bytes)
MP_brasil.gif (5256 bytes)
REALIDADE
Maquiagem ajuda as mulheres da terceira idade

Uma maquiagem bem feita e um bom corte de cabelo podem dar aparência mais jovem para as mulheres que já passaram dos 55 anos. Na terceira idade, todas as mudanças hormonais que aconteceram no corpo desde os 25 anos -quando se inicia o processo de envelhecimento das células- estão refletidas na pele. O brilho, a vitalidade e a elasticidade do rosto já não são mais os mesmos, e, portanto, a maquiagem deve ser especial. Corretivos, bases, pós, sombras, blushs e batons têm que ser escolhidos com bastante critério e, como regra geral, devem ser utilizados de forma moderada, para evitar um aspecto excessivamente carregado.

"Se a mulher não exagerar na dose, o resultado da maquiagem pode ser excelente", garante Jason Pizzani, especialista em beleza para terceira idade. Pizzani sugere que se utilizem, nas sombras e batons, cores opacas (como marrom e cinza claro) e se evite cores cintilantes (como dourado e prata).

Quanto ao pó facial e aos delineadores, devem ser usados em pequenas quantidades, pois, em excesso, podem ressaltar os vincos da pele.

A Miss Brasil Terceira Idade, Olga Bolzan, 62, por exemplo, optou por um corte estilo chanel e, na maquiagem, usou sombras em tom pastel, para realçar os olhos. Ela também "aumentou a boca", usando lápis para contorno e batom de cores opacas.

CABELO - Além da maquiagem adequada, o cabelo correto ajuda a perder alguns anos. É fundamental que as mulheres que já passaram dos 55 evitem as cores frias, como o acinzentado, o castanho escuro ou o preto, que induzem à palidez. A melhor opção são os acobreados, avermelhados ou mates (tipos de loiro). Os reflexos e mechas são sempre bem vindos nos cabelos de mulheres de terceira idade. Os de nuances douradas ou avermelhadas são os mais indicados, mas é bom ficar atenta para ver se o tom do fundo do cabelo comporta essas cores. Uma boa dica é optar por nuances mais claras do que a cor base do cabelo. Além da preocupação com o tom, o cuidado com as raízes é imprescindível. Tanto a tintura quanto as mechas devem ser retocadas a cada mês. Quanto aos cortes, os médios e curtos são ideais e válidos para 99% das mulheres com mais 55. Eles alongam a face e iluminam a expressão. Para quem não abre mão do cabelo longo, é melhor deixá-lo sempre preso. Antes de definir a cor e o corte, é melhor analisar o formato do rosto e o tom da pele. Jason Pizzani dá uma receita válida para a maioria dos casos. "Rostos largos ficam melhores com cortes curtos, que deixam fios jogados sobre a face. Já as mulheres de rosto estreito devem usar o cabelo curto jogado para trás", diz.

Seja qual for a idade da mulher, alguns cuidados simples são importantes para manter a pele saudável. A alimentação deve evitar comidas gordurosas ou industrializadas em excesso. Hidratação também é importante. Para isso, use um creme pouco gorduroso e específico para o seu tipo de pele.

Também durma no mínimo oito horas por noite -em ambiente calmo e bem arejado-, evite consumir bebidas alcoólicas e fuja do cigarro.

_________________________________________


Jornal do Commercio
Recife - 13.06.99
Domingo

bqfotool.gif (2761 bytes)