bqfotool.gif (2761 bytes)
LG_jc.gif (3670 bytes) CB_brasil.gif (6025 bytes)
MP_brasil.gif (5256 bytes)
DESASTRE
Rômulo Arantes morre em acidente de ultraleve

BELO HORIZONTE – O ator e ex-nadador Rômulo Arantes, 42 anos, morreu ontem pela manhã, vítima de um acidente aéreo ocorrido na cidade de Maripá de Minas, a 50 km de Juiz de Fora-MG. No acidente, morreu também o co-piloto, Fábio Amorim Ribeiro Ruivo, de 24 anos. O ex-nadador possuía uma fazenda na região, onde também morava sua atual esposa, a empresária Valéria Braga, 45. Ele pilotava um ultraleve monomotor, modelo Pelicano (prefixo - 2347), que teria sofrido uma pane antes de cair.

Segundo o empresário Ricardo Mattioli – também ex-nadador e amigo de infância de Arantes – o ator e o co-piloto decolaram da pista de pouso construída recentemente na fazenda para um vôo panorâmico.

Cerca de 20 a 30 minutos após deixar o hangar, o ultraleve sofreu a queda, aproximadamente, a 500 m da pista de pouso, às margens da BR 267. Os dois tripulantes morreram na hora. Os corpos permaneceram no local do acidente por cerca de cinco horas. As causas do acidente dependem de um laudo do Departamento de Aviação Civil.

Rômulo Danka Arantes Júnior começou a nadar aos oito anos. Foi campeão mundial universitário em vários estilos, recordista brasileiro nos anos 70 e integrou a equipe brasileira nas Olimpíadas de Montreal, no Canadá, em 1976.

Fez teatro e carreira como ator, participando de várias novelas da TV Globo. Mais tarde iniciou-se como cantor, montando uma banda que por ironia do destino chamava-se Piloto Automático. Atualmente, estava finalizando o roteiro de um programa para a TV.

_________________________________________


Jornal do Commercio
Recife - 11.06.2000
Domingo

bqfotool.gif (2761 bytes)