LG_jc.gif (3670 bytes)

SISTEMA FINANCEIRO
Bancos mudam horário de funcionamento

O horário bancário será alterado, a partir de hoje, em todo o Estado com exceção do Recife, onde os bancos continuarão funcionando entre às 10h e 16 h. Nas demais cidades, as agências das instituições financeiras deverão abrir e fechar suas portas com uma hora de antecedência. A alteração ocorreu porque Pernambuco não está praticando o horário de verão, desde o último sábado.

“A medida assegura que os cheques e depósitos sejam compensados no dia em que for efetuada a transação”, explicou o coordenador do Grupo de Avaliação e Desempenho da Compensação (GAD), Francisco Batista de Lima. O GAD é um grupo formado por representantes de alguns bancos que cuidam da compensação do sistema bancário.

O assessor da central de atendimento do Banco Central em Recife, João Valença, argumentou que a medida é necessária porque a compensação bancária é feita com base na hora que está sendo adotada em Brasília. A capital federal aderiu ao horário de verão.

Como os bancos passarão a abrir mais cedo, as agências bancárias também deverão ser fechadas com um hora de antecedência. Alguns locais que encerravam o expediente bancário às 15 horas, passarão a fazê-lo às 14 horas, como é o caso de Ipojuca (ver quadro).

Em Pernambuco, o horário bancário varia dependendo da cidade. Localizado no Sertão do Estado, no município de Flores as agências dos bancos passarão a funcionar entre às 7h e 11h. Antes da alteração, as instituições financeiras daquele local funcionavam das 8h às 12h.

A antecipação do funcionamento das agências não vai gerar um problema para a categoria, de acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, Marlos Guedes. “Isso vai significar que os funcionários terão que trabalhar uma hora a mais”, comentou ele, acrescentando que a entidade vai realizar fiscalizações para que os bancos paguem essa hora extra aos trabalhadores.

A alteração do horário bancário ocorre em virtude do decreto 3.630 publicado no último sábado no Diário Oficial da União.

O Estado de Roraima também terá que antecipar em uma hora o funcionamento das agências bancárias. Lá, também não houve adesão ao horário de verão, que ocorre quando os relógios são adiantados em uma hora com a finalidade de reduzir o consumo de energia elétrica.

Em Pernambuco, os relógios foram adiantados em uma hora no último dia 8. Na semana passada, o governador Jarbas Vasconcelos (PMDB) pediu para que o Governo Federal excluísse Pernambuco do horário de verão.

O pedido do governador foi motivado por abaixo-assinados e ações judiciais impetradas em Pernambuco.

_____________________-___________________


Jornal do Commercio
Recife - 17.10.2000
Terça-feira