LG_jc.gif (3670 bytes)

PAPELÃO
Brasil já estréia dando um vexame

A seleção perdeu para o México, por 1x0, em jogo válido pelo Grupo B da Copa América. Na próxima rodada, a equipe vai enfrentar o Peru, domingo

CÁLI, Colômbia – A seleção brasileira voltou a fazer vergonha, ontem. Em sua estréia na Copa América, perdeu por 1x0 para a seleção mexicana, que não vencia havia 12 jogos. Com este resultado, a seleção brasileira já soma seis partidas sem vencer e quatro derrotas consecutivas. A última vitória foi na estréia na Copa das Confederações contra Camarões. Depois desse jogo, o Brasil empatou com o Canadá e com o Japão e foi derrotado por França, Austrália e Uruguai, além do México. Domingo, às 18h, tentará a reabilitação diante do Peru, que empatou por 3x3 com o Paraguai na rodada de ontem.

Os números do jogo mostram o quanto o Brasil mereceu perder. Errou 64 passes contra 38 do rival. Seus jogadores fizeram apenas 14 desarmes contra 23 dos mexicanos. O futebol burocrático também pode ser confirmado pelo tempo de posse de bola 32 minutos, dando nove chutes a gol. O adversário teve 27 minutos de posse de bola e chutou 15 vezes.

Logo aos 5 minutos, a zaga brasileira falhou após cobrança de escanteio. Borgetti dominou no peito, tirou de Roque Júnior e bateu forte, abrindo o placar.

Sem o apoio dos laterais, Alessandro e Roger, e Alex e Juninho sumidos, a bola mal chegava aos atacantes Jardel e Geovanni. Nem as jogadas aéreas para Jardel o Brasil conseguiu criar. O melhor lance do Brasil no primeiro tempo foi numa jogada individual de Émerson. Após chute forte, o goleiro Pérez desviou, a bola bateu na trave e saiu.

Para o segundo tempo, a seleção brasileira voltou com duas alterações. Denílson entrou no lugar de Juninho Paulista e Guilherme ficou com a vaga de Jardel. Sem resultados, Scolari fez nova alteração aos 19 minutos. Juninho Pernambucano entrou no lugar do apagadíssimo Alessandro.

Mesmo com as três alterações, o Brasil só criou uma boa chance até os 25 minutos. Alex driblou dois mexicanos e chutou da entrada da área. A bola passou perto da trave esquerda de Pérez.

EMPATE NA PRELIMINAR – Paraguai e Peru empataram por 3x3 na preliminar. Os peruanos venciam o jogo até os 46 minutos do segundo tempo, quando Garay deixou tudo igual. Gols: 1º tempo – Lobatón (PER), 16, Ferreira (PAR), 23; 2º tempo – Pajuelo (PER), 13, Ferreira (PAR), 19, Del Solar (PER), 32, e Garay (PAR), 46.

___________________________________


Jornal do Commercio
Recife - 13.07.2001
Sexta-feira