LG_jc.gif (3670 bytes)

OFICINA
A hora certa de trocar o óleo da caixa de marcha

Meu carro já tem 120 mil quilômetros rodados e eu ainda não troquei o óleo da caixa de marcha. A minha dúvida é se a substituição é realmente necessária, pois muitas montadoras dizem que não. Flávio Alexandre Gomes – Imbiribeira.

O gerente de Serviços da Alvorada Veículos, José Aleixo, afirma que a substituição do lubrificante da caixa de marcha é necessária. No caso dos veículos da General Motors, a verificação é feita na primeira revisão. O período indicado para a troca varia entre 45 mil e 50 mil km ou três anos.

“Com o tempo de uso, a engrenagem da caixa de mudança sofre desgaste e o óleo perde a viscosidade se suas propriedades aditivas, deixando de cumprir a função lubrificante”, esclarece o gerente de serviços da Alvorada Veículos.

Passado o prazo, o veículo apresenta ruídos e desgaste na caixa de marcha. Em casos mais graves, a caixa até pode até travar, diz Aleixo.

São também comuns os casos de câmbio barulhento mesmo com óleo novo. Antes de abrir a caixa de marcha, a alternativa é usar um aditivo junto com o lubrificante. O produto contém grafite e outros componentes que podem diminuir o atrito em rolamentos e engrenagens do câmbio.

___________________________________


Jornal do Commercio
Recife - 15.07.2001
Domingo