LG_jc.gif (3670 bytes)

ELEIÇÕES 2000 III
Partido foi o maior doador da campanha de João Paulo

De acordo com a documentação apresentada pelo comitê eleitoral do prefeito do Recife, João Paulo (PT), à Justiça Eleitoral, o maior doador da campanha petista foi a própria legenda. A direção nacional do Partido dos Trabalhadores repassou R$ 280 mil. Em seguida, veio o próprio João Paulo, que destinou aproximadamente R$ 25 mil para a sua campanha. Até sua esposa, Luzia Jeanne de Oliveira e Silva, colaborou com R$ 5 mil.

Entre os parlamentares petistas, só o deputado federal Fernando Ferro fez doações, transferiu R$ 5 mil. O nome do atual secretário municipal de Saúde, Humberto Costa (PT), vereador licenciado, também consta na lista. Ele repassou R$ 5 mil. Ao todo foram arrecadados R$ 336,3 mil, menos de cinco vezes do que a campanha de Roberto Magalhães (PFL).

Só três empresas doaram recursos para a então campanha do atual prefeito: a Comercialização de Bens, Mercadorias e Serviços (R$ 4,8 mil), a Pegados Veículos (R$ 360,00) e a A. Royal Master Serviços e T. de Veículos (R$ 360,00). Enquanto isso, Magalhães (PFL) contabilizou a colaboração de 22 empresas, entre bancos, construtoras, usinas e empresas de segurança.

___________________________________


Jornal do Commercio
Recife - 20.01.2001
Sábado