LG_jc.gif (3670 bytes)

PROTESTO
Trukás derrubam torre de alta tensão

CABROBÓ – Os índios da tribo Truká, que vivem na Ilha da Assunção, neste município, derrubaram ontem mais uma torre de alta tensão, que transmite energia para o projeto de reassentamento Pedra Branca, localizado em Curaçá (BA). Eles protestam contra a prisão do companheiro Adenilson dos Santos Viera, que responde a nove processos por falta de pagamento de pensão alimentícia, não reconhecimento de paternidade e assalto a mão armada na BR-428. A manifestação deixou revoltados os agricultores. Segundo eles a falta de energia e água já compromete as culturas de frutas e legumes dentro do projeto.

A primeira torre de transmissão foi derrubada na semana passada, depois que Adenilson Santos foi transferido para a cadeia pública. O líder dos Trukás, Adilson Santos, alertou que os protestos não vão ficar apenas na derrubada de duas unidades de energia, caso a Justiça não conceda a liberdade do integrante da tribo. “A gente tem que começar a impor senão a discriminação contra a nossa gente vai continuar existindo. Pedimos às autoridade que analisem nossos conceitos, até porque nós não somos bandidos”, argumentou o líder Truká.

Ontem, o promotor de Cabrobó, Epaminondas Tavares, alertou que se os índios continuar com as ameaças, a Procuradoria Geral do Estado vao autorizar a entrada de policiais federais, civis e militares na aldeia para prender os responsáveis pela manifestação.

___________________________________


Jornal do Commercio
Recife - 21.11.2001
Quarta-feira