LG_jc.gif (3670 bytes)

OU NORDESTÃO OU ESTADUAL II
Náutico quer acordo e Sport prefere Nordestão

Um profundo mal-estar foi criado em torno da assinatura do contrato pelos clubes, aceitando os termos do compromisso entre a Liga do Nordeste e a Rede Globo, mas o presidente do Náutico, André Campos, acha que é possível encontrar uma solução para o impasse.

“A Globo quer exclusividade, mas ela só transmite os jogos nos fins de semana. Não há problema para realizarmos as partidas do campeonato estadual no meio da semana”, argumenta o dirigente, esperançoso num consenso.

O presidente do Sport, Fernando Pessoa, defendeu o Estadual, mas afirmou alto e bom som que não trocará o Nordestão pelo Campeonato Pernambucano.

“O Sport quer disputar o Pernambucano, mas não podemos comparar um com o outro. O Estadual me dá acesso a quê? Já o Nordestão abre duas vagas para a Copa dos Campeões que, por tabela, dá uma vaga para a Libertadores”, afirmou o presidente, completando: “Além do mais, não podemos quebrar o contrato firmado com a Rede Globo”.

Quem assinou o contrato representando o Sport, no ano passado, foi o próprio presidente da Liga de Clubes de Futebol do Nordeste, Luciano Bivar, que também presidia o Sport e renunciou, após a perda do título estadual em agosto deste ano. Pelo Náutico, assinou Ricardo Valois, atual vice-presidente executivo.

Pelo Santa Cruz, surgiram especulações de que o ex-vice-presidente de futebol, José Alexandre Moreira (Mirinda), teria assinado o documento.

Ele negou e disse que foi contrário, junto com o presidente do Bahia, Paulo Maracajá, à proposta de deixar os estaduais em segundo plano. “Houve uma acirrada discussão na reunião. O que eu assinei foi a ata da reunião. Não assinei contrato algum. Além do mais, eu fui apenas um mero representante do Santa Cruz. Não poderia tomar uma decisão dessa natureza”, explicou.

O presidente do clube, José Mendonça, não foi encontrado pela reportagem do JC para falar sobre o assunto.

O vice-presidente jurídico do Santa, Idelfonso Pereira, também informou que não foi consultado sobre a assinatura de qualquer contrato com a Liga de Clubes de Futebol do Nordeste e os patrocinadores do Nordestão.

___________________________________


Jornal do Commercio
Recife - 21.11.2001
Quarta-feira