LG_jc.gif (3670 bytes)

SPORT
“só fica quem quer jogar”

Técnico Mauro Fernandes diz aos jogadores que só quer trabalhar com os que estiverem com vontade de jogar e deixa insatisfeitos à vontade para pedir as contas e partir. O time enfrenta a Ponte Preta, domingo, em Campinas

Em tempos de crise, treinar é coisa rara no Sport. O elenco rubro-negro participou de uma leve movimentação, ontem pela manhã, no campo auxiliar da Ilha do Retiro. Foi preciso pouco mais de uma hora para que os jogadores escutassem as palavras do técnico Mauro Fernandes sobre o futuro da equipe.

“Disse a eles que quem quisesse ir embora podia pedir as contas e partir. Caso contrário é levantar a cabeça e começar a trabalhar”, afirmou o técnico. As palavras de Mauro começaram a surtir efeito. O volante Leomar, que está a quatro anos no clube, disse que caso ele não fosse negociado com os coreanos, iria brigar por seu passe na justiça.

O atacante Júnior Amorim e o meia Marcelo Passos parecem despertar o interesse do técnico rubro-negro e não desejam sair do Estado. Segundo relatou o meia, sua intenção é ficar em Pernambuco. “Minha mulher não quer ir embora. As crianças estão bem no colégio. Se depender de mim, eu não vou”, falou.

Surgiram rumores que o atacante Eliel seria o próximo a deixar o clube leonino. “Isto está fora de cogitação. Liberei o jogador para que pudesse visitar sua família”, despistou o vice-presidente de futebol, Gustavo Oiticica. Mas a verdade, segundo o presidente Fernando Pessoa, é que para o próximo ano o teto salarial dos jogadores não ultrapassará os R$ 25 mil. “Por isso vamos utilizar vários juniores.”

COPA PERNAMBUCO – Hoje, às 15h30, Sport e Santa Cruz decidem a última vaga para as semifinais da 6ª edição da Copa Pernambuco. Quem vencer o Clássico das Multidões pega o Central, melhor time do torneio, na outra semifinal, jogarão Intercontinental e Decisão. Na primeira partida realizada entre os dois rivais, aconteceu um empate por 1x1, no Arruda. Havendo outra igualdade, a decisão será nas penalidades máximas. A entrada é franca.

___________________________________


Jornal do Commercio
Recife - 21.11.2001
Quarta-feira