LG_jc.gif (3670 bytes)

PROJETO
Beleza e vigor dos maracatus serão apresentados ao Brasil

A Secretaria de Turismo de Pernambuco e a África Produções estão levando uma caravana de arte, história e ritmo, até 10 de dezembro, para as cidades de Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. É o programa Maracatus de Pernambuco que tem o objetivo de divulgar toda a riqueza e tradição do ritmo e da história de uma das mais importantes manifestações culturais do Estado: o maracatu.

Na primeira fase, realizada no período de maio a junho deste ano, o Maracatus de Pernambuco fez escalas em Londrina e Brasília, deixando um saldo de mais de 10 mil espectadores, que tiveram a oportunidade de conhecer de perto o universo dos maracatus. Antes da segunda etapa da turnê, o projeto aportou também na Womex, uma das maiores feiras culturais do mundo, que este ano foi realizada em Rotterdam, na Holanda.

O projeto, que tem a concepção da África Produções, inclui exposição, oficinas, aula-espetáculo do Mestre Salustiano, desfile do maracatu Leão Coroado e o lançamento de um livro. "Montamos um projeto amplo para que Pernambuco possa ser identificado como a terra dos maracatus", afirma o secretário de Turismo, Carlos Eduardo Pereira Cadoca. O secretário lembra que o maracatu tem sido a atração do Estado durante feiras, seminários e workshops nacionais e internacionais, como na Expo 2000, em Hannover; Festival de Montreux, na França; Parque das Nações, em Portugal; Festival La Mar de Musica, em Cartagena, Espanha.

Maracatus de Pernambuco tem o objetivo de ir além de apresentar um espetáculo de dança ou fazer um desfile de grupos. Dada a grandiosidade da verdadeira expressão do maracatu, o projeto foi montado para propiciar ao público a oportunidade de receber informações e explicações capazes de entender a beleza interior desta manifestação cultural. "É uma verdadeira viagem até a alma do povo pernambucano, onde o espectador vai entender como se formou, como vivem e as particularidades do maracatu, que é um importante instrumento de valorização do turismo cultural", comenta a coordenadora do projeto, Mariana Borges.

Esta é uma grande oportunidade de divulgação do maracatu em outra época do ano, além do Carnaval, quando tradicionalmente há uma tendência natural dos turistas em conhecer o nosso maracatu. "Ao tomar esta iniciativa, o Governo do Estado dá uma importante contribuição para destacar nosso Estado por belezas que vão além da paisagem natural", disse o secretário.

ORIGEM – O Maracatus de Pernambuco foi criado para permitir que pessoas de outras regiões do País comunguem de uma arte secular de beleza inigualável, fazendo com que esse se expanda por outros espaços, valorizando a história e a riqueza de um dos nossos mais preciosos folguedos populares, através de uma expedição com os maracatus pelo Brasil.

Concebido e produzido pela África Produções e realizado pela Secretaria de Turismo do Governo de Pernambuco, o Projeto Maracatus de Pernambuco vem sendo considerado como uma das maiores investidas na política de valorização do turismo cultural em nosso Estado e tem patrocínios também da Petrobrás, do Ministério do Esporte e Turismo e Ministério da Cultura.

A idéia é fortalecer o maracatu e oferecer aos grupos e pessoas envolvidas diretamente com a arte dos maracatus, um aparato necessário para o desenvolvimento do ritmo na cena cultural brasileira. O projeto não se resume às apresentações dos maracatus. Ele é composto por apresentações do Maracatu Leão Coroado – que traz quase dois séculos de história sendo o mais antigo em contínua atividade; aulas-espetáculo do Mestre Salustiano; oficinas de dança e música pernambucanas; uma exposição multimídia, com fotografias, slides, vídeos, figurinos do maracatu, instrumentos, textos explicativos e banners; e, posteriormente, o lançamento de um livro escrito pelo professor de História da Universidade federal de Pernambuco, Severino Vicente.

___________________________________


Jornal do Commercio
Recife - 15.11.2001
Quinta-feira