LG_jc.gif (3670 bytes)


No ponto onde o mar se
extingue e as areias se levantam
cavaram seus alicerces
na surda sombra da terra
e levantaram seus muros.
Depois armaram seus flancos:
trinta bandeiras azuis
plantadas no litoral.
Hoje, serena flutua,
metade roubada ao mar,
metade à imaginação,
pois é do sonho dos homens
que uma cidade se inventa.

(Carlos Pena Filho)



Situada na região Nordeste, Recife é uma cidade desenhada pelas águas. Banhada pelo oceano atlântico, é protegida contra o ímpeto das ondas por uma muralha de pedra de coral e arenito, os arrecifes, que deu origem a seu nome. A capital pernambucana está na foz de dois grandes rios: Capibaribe e Beberibe, que cortam a cidade dividindo o centro urbano em três ilhas: do Recife, Santo Antônio e Boa Vista, mas que se interligam através das pontes, daí ser considerada a "Veneza Brasileira", um traço que a difere das demais capitais do país.

Com uma área territorial de 220 km2 e uma população estimada em 1,5 milhões de habitantes, o Recife é o principal portão de entrada para a região nordeste, com vôos diretos para 71 cidades brasileiras, bem como os internacionais para Amisterdã, Bruxelas, Frankfurt, Zurich, Miami, Lisboa, Londres, Milão, Buenos Aires, Porto e Roma.

Hoje, o Recife é uma grande metrópole regional, um dos mais importantes pólos comerciais, financeiros, industriais e turísticos do Brasil. O maior centro administrativo, de compras, educação, saúde e serviços do Nordeste. Tem um dos mais modernos Shoppings Centers do mundo, perto da praia e dos hotéis. É o terceiro pólo gastronômico brasileiro, onde pode-se encontrar desde comidas típicas da região, ao mais sofisticado prato da cozinha internacional.