MINISTÉRIOS
  SECRETARIAS
DESAFIOS
» HISTÓRIA

   A família

   Luta sindical

   Vida política

   A posse
  CARAVANA
  GALERIA DE FOTOS
  MULTIMÍDIA
  NOTÍCIAS
  CRÉDITOS

Força do Sertão acompanhou trajetória de Lula

O registro de Luiz Inácio da Silva aponta para o dia 6 de outubro de 1946 como sendo a data de seu nascimento. Mas Lula nasceu de fato em 27 de outubro, quase um ano antes. O que seria apenas um erro de informação nos documentos virou, na verdade, uma feliz coincidência para o novo presidente do Brasil. Os mais esotéricos podem chamar até de bom presságio, como indícios de um acontecimento futuro e certo. As datas batem com os dias do primeiro e segundo turnos da eleição presidencial na qual Lula comemorou os resultados em dose dupla: pelo seu aniversário de 57 anos e, principalmente, pela vitória nas urnas.

A paisagem árida de Caetés, antigo distrito da cidade agrestina de Garanhuns, a 252 quilômetros do Recife, fez com que Lula e sua família passassem por várias provações. A primeira delas e, talvez, a mais dura foi a viagem de seu pai, Aristides Inácio da Silva, para São Paulo, um mês antes de Lula vir ao mundo. Aristides deixou a mulher e os sete filhos aos cuidados de um irmão para tentar a sorte na cidade grande. Poucas vezes voltou para ver a família. Por isso, Lula só veio conhecer o pai quando já tinha cinco anos.

A fome e a miséria acompanharam praticamente toda a infância de Lula. Aos sete anos, embarcou em um caminhão pau-de-arara com a mãe, Eurídice Ferreira de Melo, a dona Lindu, e os seis irmãos mais velhos para fugir da seca e encontrar o 'chefe' da família, que já trabalhava na estiva do porto de Santos. A viagem foi penosa. Durante 13 dias, os retirantes só comeram farinha, rapadura e queijo. Mal sabia dona Lindu que, ao deixar para trás o sítio de oito hectares em Vargem Comprida, o pior ainda estava por vir. Quando chegaram em São Paulo, encontraram um Aristides alcóolatra e bruto, além de mais dificuldades financeiras.

A biografia oficial do presidente eleito traz poucas linhas sobre a figura paterna. Lula e seus irmãos preferem não lembrar do pai nem, muito menos, do tempo em que eram surrados por ele e proibidos de estudar. A violência empregada por Aristides deu forças para dona Lindu se separar dele, pouco mais de um ano depois que chegou a São Paulo. O sofrimento também provocou rancor. Aristides morreu em 1978 e foi enterrado como indigente. Ao saberem da morte do pai, dez dias após seu falecimento, os filhos preferiram deixá-lo na vala comum dos desvalidos e colocar um ponto final no assunto.

Com mais uma criança na barra da saia, dona Lindu teve que se valer outra vez de sua coragem para criar sozinha oito filhos - cinco homens e três mulheres. A falta de dinheiro obrigou Lula e seus irmãos a trabalharem para sustentar a casa. Ao mesmo tempo em que sonhava virar jogador do Corinthians, o time de futebol do seu coração, Lula pegava no batente, vendendo amendoim, entregando roupas ou engraxando sapatos. Contrariou a sina dos pais e começou a ser alfabetizado aos 10 anos, mas só conseguiu chegar até a 5ª série do primeiro grau, da mesma forma que o vice-presidente eleito, José Alencar (PL).

O primeiro emprego com carteira assinada surgiu quando tinha 14 anos, nos Armazéns Gerais Colúmbia. O próximo passo foi uma vaga na Fábrica de Parafusos Marte. Aos 18, com o estímulo da mãe, completou o curso de torneiro mecânico no Senai. Pouco tempo depois estava trabalhando na metalúrgica Aliança, no ABC Paulista. Foi lá que perdeu o dedo mínimo da mão esquerda, em acidente.

Luiz Inácio Lula da Silva foi casado duas vezes: com Maria de Lourdes da Silva, que morreu de parto em 1970, e com Marisa Letícia da Silva (1974). Com Marisa, Lula teve três filhos (Fábio Luiz, 28; Sandro Luiz, 23, e Luiz Cláudio, 17). Marisa tem ainda um filho (Marcos Cláudio, 31) do primeiro casamento, e Lula, uma filha (Lurian, 29), de um relacionamento com a auxiliar de enfermagem Miriam Cordeiro.

Copyright (c) 1997-2002 - Jornal do Commercio - Recife - PE - Brasil
Sistema JC de Comunicação. Proibido reprodução total ou parcial do conteúdo deste site para fins comerciais