O Guia de Empregos tem um novo site (http://www.guiadeempregos.org.br).
Esta página é antiga e não recebe mais atualização. Acesse o novo Guia de Empregos e encontre vagas e notícias atualizadas diariamente.

 

 

Cada vez mais estudantes estrangeiros elegem o Brasil para trabalhar

Normalmente quando escutamos a palavra intercâmbio, pensamos em um estudante brasileiro vivendo no exterior. Hoje, essa definição já foi ampliada. Agora o estrangeiro também faz intercâmbio para o Brasil. Com o programa Incoming, oferecido pela CI- Central de Intercâmbio, o estrangeiro vem ao Brasil para estagiar e aperfeiçoar sua experiência profissional, aproveitando para estar em contanto com o idioma brasileiro, aprendendo sobre a nossa cultura e adquirindo vivências no nosso país.

A CI – Central de Intercâmbio, a maior agência brasileira de turismo educacional, dispõe o ano todo de oportunidades para o estrangeiro estagiar em todo o Brasil em sua própria área de atuação. O estudante estrangeiro poderá trabalhar em empresas privadas, fundações e universidades, entidades ligadas à cultura, educação e meio ambiente. O salário que receberá deverá ser suficiente para cobrir despesas básicas como alimentação e transporte. As vagas são divulgadas por empresas de turismo parceiras no exterior, onde já é feita uma pré-seleção do candidato.

De acordo com Andréa Garutti, supervisora do programa Incoming, a procura dos estrangeiros por esse tipo de programa tem crescido bastante. Segundo as estatísticas da CI- Central de Intercâmbio, mensalmente recebe-se uma média de 35 currículos por mês. Na verdade, essa média faz com que exista um número de estudantes estrangeiros que compram o programa e colocam seus nomes em filas de espera para a vinda na realização do programa. “Hoje, temos aproximadamente 15 estudantes na fila de espera. A procura vem aumentando, porém ainda estamos em processo de expansão de vagas e convênios de empresas. Devido a isso, o estudante estrangeiro ainda precisa colocar seus nomes em filas de espera para encontrar a vaga desejada,” disse Garutti.

Em média, para as quase 400 empresas participantes do programa, os benefícios que um estagiário estrangeiro poderá trazer são sempre proveitosos. O estrangeiro incentiva aos funcionários a aprender outras culturas e outros idiomas. Além disso, o próprio estudante estrangeiro já vem com uma base profissional que retribui para aprimorar os conceitos da empresa ou trazer novos conhecimentos de informações técnicas e diferentes idéias e opiniões. A empresa também sai ganhando ao ser levada como propaganda “boca a boca,” feita pelo próprio estrangeiro ao voltar ao país—e através da divulgação realizada pelo site que é acessado em mais de 80 países.

Em 2004 estão sendo acrescentadas vagas em áreas como turismo, hotelaria, marketing e jornalismo. “Esperamos que ainda este ano, 50 vagas nessas áreas sejam abertas,” disse Garutti. Empresas como Costa do Sauípe, Avatar, Hotel Pestana, Hotel Gloria, Projeto Aprendiz e Roberto Candusso Arquitetos são algumas das empresas que participam do programa. Todas essas empresas estão localizadas em diferentes estados do país.

Mais informações: www.ci.com.br



  Cursos de idioma no exterior incrementam currículo
  Estudantes aumentam a procura por países exóticos
Feira de Intercâmbio traz opções de cursos e trabalho no exterior
 
Feira oferece opções de intercâmbio e cursos de aperfeiçoamento profissional
 
Universidades nos EUA oferecem bolsas de estudo
  Au Pair é intercâmbio com trabalho e salário
 
Estrangeiros descobrem as vantagens de estágio no Brasil
  Estrangeiros descobrem as vantagens de estágio no Brasil
 
Preço e terrorismo mudam rota de intercâmbio
 
Cursos de idiomas combinados ensinam em dobro
  Feira de intercâmbio é realizada em São Paulo
  Exposição em SP reúne opções de intercâmbio
 
Califórnia combina aprendizado e turismo
  Inglês com os cangurus
 
EUA começam a fichar visitantes estrangeiros em portos e aeroportos do país
  Trabalho temporário no exterior
 
Procura-se estagiários para outros países!
 
Turistas brasileiros são humilhados e deportados dos EUA
 
Projetos oferecem chance de experiência no exterior
  Pratique um esporte em outro país
 
Empresas trocam experiências com estudantes estrangeiros
 
EUA: visto agora vale cinco anos
 
Burocracia para entrar nos EUA faz brasileiros desistirem