O Guia de Empregos tem um novo site (http://www.guiadeempregos.org.br).
Esta página é antiga e não recebe mais atualização. Acesse o novo Guia de Empregos e encontre vagas e notícias atualizadas diariamente.

 

 

Governo federal autoriza contratação de 800 professores

O ministro interino da Educação assinou duas portariasque autorizam a contratação de 800 professores de ensino básico. Essa é a maior autorização do MEC para contratação de professores de educação básica desde 1994.

Leia mais:

   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Governo federal autoriza contratação de 800 professores

O ministro interino da Educação, Fernando Haddad, assinou duas portarias, publicadas no Diário Oficial da União de quarta-feira (09/02), que autorizam a contratação de 800 professores de ensino básico.

A autorização abrange universidades federais, Cefets (centros federais de educação tecnológica), escolas agrotécnicas federais, o Colégio Pedro II, o Instituto Nacional de Educação de Surdos e o Instituto Benjamin Constant.

"Essa é a maior autorização do MEC para contratação de professores de educação básica desde 1994", disse Glaisson Cardoso Rubin, coordenador-geral de supervisão da Rede Federal de Educação Tecnológica da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica.

A Portaria nº 411 autoriza a contratação de 110 professores de ensino fundamental e médio pelas universidades federais Fluminense, de Juiz de Fora, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Santa Maria, Rural do Rio de Janeiro, Roraima, Maranhão, Rio Grande (RS), Uberlândia, Acre, Pelotas, Piauí, São Carlos, Sergipe e Viçosa.

A de nº 412 autoriza 690 contratações, 100 delas para o Colégio Pedro II, quatro para o Ines, três para o Instituto Benjamin Constant e as demais para os Cefets e escolas agrotécnicas.

Com a autorização e definição de vagas, em breve serão publicados, os editais dos concursos. As instituições ligadas ao MEC citadas nas portarias têm prazo de até seis meses para fazer a divulgação. As novas contratações, além de aumentar o quadro das instituições ligadas ao MEC, possibilitarão o funcionamento de uma nova unidade de ensino superior, o campus avançado da Universidade Federal do Paraná, em Matinhos e Pontal.

O último concurso para contratação de professores do ensino básico foi autorizado pelo MEC em 2003, com 500 vagas. No governo Lula, portanto, já foram abertas 1,3 mil

(UOL)

   

 

 Servidores do ensino público federal terão alta de 55% no piso salarial
 Título de doutor perde força na rede privada
 MEC pode usar ensino a distância por falta de docentes
 Professor precisa refletir sobre seu fazer
 Fórum investe na formação de professores
 Faculdade On-line UVB oferece apenas cursos a distância
 Brasil analisa educação a distância
 Maioria dos professores brasileiros não navega na Internet
 MEC e MCT planejam implantação do Portal de Livros
 Secretaria da Educação de SP chama 14 mil professores concursados
 Unesp está contratando 126 docentes
 Programa capacita professores para educação especial
 Falta de informação de professor atrasa progresso de aluno
 MEC prepara aperfeiçoamento de professores
 Ainda faltam 3.405 professores no RJ
 Colégios de SP terceirizam professores por causa da crise
 Estado de SP oferece bolsas de estudos para professores da rede pública
 Estado dá 33,4% de reajuste a professores
 Até 2007 serão necessários mais 25 mil professores
 Prefeitura seleciona professores temporários para rede de ensino
 Rio de Janeiro fará contratos temporários com professores para 2004
 Microsoft capacita professores em informática