O Guia de Empregos tem um novo site (http://www.guiadeempregos.org.br).
Esta página é antiga e não recebe mais atualização. Acesse o novo Guia de Empregos e encontre vagas e notícias atualizadas diariamente.

           

 


Projeto de inclusão social prepara alunos carentes para o mercado

Uma iniciativa de universitários e da sociedade civil vem ajudando jovens da rede pública de ensino a entrarem no mercado de trabalho. Trata-se do Projeto Educação, um programa de inclusão social que envolve também cultura e cidadania, voltado para estudantes e ex-estudantes do ensino médio público, com potencial e renda insuficiente.

Leia mais:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Projeto de inclusão social prepara alunos carentes para o mercado

Uma iniciativa de universitários e da sociedade civil vem ajudando jovens da rede pública de ensino a entrarem com o pé direito no mercado de trabalho. Trata-se do Projeto Educação, um programa de inclusão social que envolve também cultura e cidadania, voltado para estudantes e ex-estudantes do ensino médio público, com potencial e renda insuficiente.

São até 16 horas semanais de atividades que incluem curso de inglês completo, orientação vocacional com psicólogos da USP, palestras com profissionais destacados e consultores de RH, encontros com estudantes estrangeiros e universitários, workshops, visitas orientadas a teatro, exposições e museus.

O intuito é o de ampliar a visão de mundo e garantir melhores oportunidades de futuro aos jovens. "Para conseguir um bom emprego é prioritário o domínio do inglês. E, quanto mais informação e cultura conseguirmos passar, maiores serão as chances de crescimento pessoal, profissional e de cidadania para estes jovens", afirma Karla Bley, coordenadora do programa.

Este ano o Instituto Intercultural, idealizador do programa, está oferecendo 650 vagas, 150 a mais que o ano passado. Para participar é necessário ter idade entre 15 a 21 anos e passar pelo processo seletivo. Os estudantes selecionados contribuirão com taxa de manutenção que cobrirá 15% do custo das atividades, sendo que os 85% restantes serão mantidos pela instituição e seus apoiadores.

Participam apoiando o Projeto, a Amcham, Câmara de Comércio Brasil/EUA, Emurb, Empresa de Urbanização da Prefeitura de São Paulo, o Grupo Tapa, o músico João Suplicy, além dos artistas plásticos Guto Lacaz, Fabiana Batista e Érico Rodrigo Rosa, entre outras entidades, profissionais e professores. Informações pelo telefone (0xx11) 3257-1757, ou na Rua da Consolação, 847 - São Paulo, Capital.

(Diário de S. Paulo - 17/03/03)

Crise financeira faz com que 65% dos jovens europeus permaneçam na casa dos pais
Contratação de aprendizes cresce e reduz desemprego entre jovens
Escolha da carreira é orientada pelo mercado
Faculdade Suíça de Hotelaria vem para o Brasil
Universidades particulares dão salário e estudos para ter atletas de primeira linha
Radiojornalismo é alternativa para estudantes que querem entrar no mercado
Unicamp oferece estágio de férias para alunos do ensino médio
Senac e empresas preparam aprendizes em Santa Catarina
Central de Intercâmbio abre inscrições para estágios no exterior
Central de Intercâmbio recruta estudantes para trabalho de férias nos EUA
Banco do Brasil cria programa para treinar 4 mil jovens
MEC inicia inscrições para supletivo no Japão
Estudante do ensino médio poderá ter estágio
Moda estimula o surgimento de novos cursos
Estágio: porta de entrada para o mercado de trabalho
Modelo japonês de estágios ajuda empresa brasileira na busca por soluções
Demanda cria mercado para o setor educacional
Empresas reavaliam programas de estágio
Programas de estágios e trainees estão cada vez mais concorridos
Executivos ensinam jovens a montar e gerenciar o próprio negócio no futuro