O Guia de Empregos tem um novo site (http://www.guiadeempregos.org.br).
Esta página é antiga e não recebe mais atualização. Acesse o novo Guia de Empregos e encontre vagas e notícias atualizadas diariamente.

   

 


Ética é pré-requisito para investidores de fundo de pensão

De acordo com a Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Privada (Abrap), investidores de fundos de pensão querem definitivamente adotar postura socialmente responsável na hora de aplicar seus recursos. O grau de responsabilidade desejado deve estar tanto no investimento quanto na empresa que receberá o recurso.

Leia mais:

   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Investimentos pautados pela ética

Os fundos de pensão querem pautar sua postura e seus investimentos pela ética e a responsabilidade social. Esse foi o tema de seminário realizado dia 08/09, no Rio, pela Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Privada (Abrapp). Os investimentos socialmente responsáveis (IRS) já são uma marca de grandes fundos de pensão estrangeiros (como o Calpers, dos Estados Unidos) e a intenção é repetir um modelo semelhante no Brasil.

De acordo com o presidente da Abrapp, Fernando Pimentel, a intenção é, não só utilizar o grau de responsabilidade social na hora de escolher empresas para investir como também colocar a ética como norte das condutas da Abrapp e dos investimentos feitos em outros mercados. Hoje, os fundos somam um patrimônio de quase R$ 200 bilhões.

"Firmamos convênio com o Instituto Ethos, com a Andima e vamos procurar também a Bovespa, o objetivo é estabelecer códigos de ética para a atuação nos mercados", disse Pimentel. Segundo ele, esse cuidado com a responsabilidade social também será transmitido às empresas por meio dos conselheiros dos fundos de pensão nas empresas.

"Também queremos elaborar um ranking que vai analisar as empresas de acordo com seu grau de responsabilidade social", afirmou o presidente. Ele esclareceu que esse ranking será feito em parceria com o Ethos pela própria Abrapp.

Hoje, já existe um trabalho semelhante feito pelo Real ABN Amro, cujo fundo, Ethical, é o único a investir exclusivamente em empresas responsáveis socialmente. Os critérios de IRS consistem em avaliar o grau de ética e justiça da empresa no relacionamento com funcionários, sociedade, comunidade, meio ambiente, fornecedores e investidores.

O presidente da Previ (maior fundo de pensão do país), Sérgio Rosa, ressaltou que a rentabilidade e os ganhos para os participantes não deixaram de ser o norte da política de investimentos das fundações, mas esclareceu que também é possível combinar ganhos com a postura socialmente responsável.

"Não é mais possível admitir ilhas de excelência em alguns setores, isso compromete o futuro do país e a qualidade de vida dos trabalhadores. Por isso, cada vez mais setores da sociedade começam a compreender que não se pode mais empurrar a responsabilidade um para o outro", disse Rosa.

O seminário contou ainda com a participação dos presidentes da Petros, Wagner Pinheiro; da Funcef, Guilherme de Lacerda; e do Sindapp, José de Souza Teixeira.

Uma das grandes preocupações dos dirigentes dos fundos é deixar claro que os critérios se IRS serão combinados com a preocupação com os ganhos e o equilíbrio atuarial dos fundos. "O tripé rentabilidade, liquidez e segurança continua sendo a principal preocupação", garantiu o presidente da Abrapp.

(Valor Econômico – 09/09/03)

   
 Cresce participação de homens em atividades voluntárias
 Da qualificação profissional às cooperativas
 FGV cria índice nacional para medir a ética das empresas
 Parceria abre portas para "trainee social"
 Terceiro setor abre novas frentes de trabalho
 Bovespa pretende atrair recursos para ações sociais
 "Não existe carreira profissional no Terceiro Setor", adverte especialista
 Novo site AjudaBrasil procura incentivar o trabalho voluntário
 Projeto Formatos prepara gestor para organizações sociais de SP
 Filão da responsabilidade social ganha espaço no mercado de fundos
 Cooperativas e designers inovam na criação de objetos
 Terceiro setor tentará manter os benefícios fiscais após reformas
 Transparência é desafio para empresas investirem no social  
 Entidades abrem inscrições para financiar projetos sociais
 ONG reabre creche para 300 crianças
 Captar dinheiro para ONGs vira cargo promissor
 Entidades criam bolsa de ações responsáveis
 Ethos lança no Brasil mapa dos ganhos com responsabilidade social
 ONG britânica irá aplicar exames profissionais no Brasil
 Empresários adotam a franquia social
 Nova lei tributária onera o terceiro setor brasileiro
 ONG internacional premia trabalho ecológico do Rio Paraíba do Sul