a regiao
Find more about Weather in Itabuna, BZ
surf em itacare
13.Maio.2017

Itacaré recebe nova geração do surf nacional

até 20 anos no Pena Little Monster 2017, cuja segunda etapa será disputada nos dias 26 a 28 de maio nas ondas da Praia da Tiririca, com o sistema de prioridade de escolha da próxima onda, utilizado nas etapas da World Surf League.

A principal categoria é a Pro Junior Sub 20 masculina e feminina, válida pelo Circuito da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP). As outras são divididas por idade, Sub 16, Sub 14, Sub 12, Sub 10 e Sub 8.

“É muito importante essa passagem do Circuito por Itacaré", destaca Amélio Junior, que realiza o Pena Little Monster. A última etapa do circuito na Bahia foi em 2015. "É um local de boas ondas, um povo muito acolhedor e um visual incrível na Praia da Tiririca, onde vai rolar o evento”.

“Destaco também o belíssimo trabalho que a diretoria da Associação de Surf de Itacaré (ASI) vem realizando e parabenizo a Prefeitura de Itacaré, que não mediu esforços para viabilizar a volta do Pena Little Monster esse ano”.

As inscrições

Na categoria principal, a Pro Junior, a premiação será de R$ 15 mil em dinheiro para homens e de R$ 5 mil para a mulheres. Além dos R$ 20 mil para os surfistas profissionais, o Pena Little Monster distribuirá kits da Pena e da CT Wax para os finalistas das seis categorias amadoras divididas por idade.

As inscrições já estão abertas e devem ser feitas via depósito bancário para a Federação de Surf do Estado do Ceará, CNPJ 13.544.749/0001-41, conta corrente 18.507-8 da agência 0769 do Bradesco. O comprovante deve ser enviado para o e-mail amelio.junior@uol.com.br.

As inscrições da Pro Junior deve ter cópia enviada para pedrof@abrasp.com. As taxas são de R$ 180 para a masculina Pro Junior, R$ 130 para a Pro Junior feminina e R$ 100 para as demais categorias. O fim da inscrição será no dia 24 de maio e não haverá inscrições na praia.

Além da inscrição, os competidores da categoria Pro Junior precisam pagar a Taxa de Filiação na ABRASP (Associação Brasileira de Surf Profissional). A taxa para os que ainda não se filiaram é de R$ 100 para a categoria masculina e de R$ 50 para a feminina.