a regiao
Find more about Weather in Itabuna, BZ
loja virtual
7.Outubro.2017

Comércio eletrônico BA vive bom momento

segundo a Camara-e.net, segundo a qual, só no ano passado as lojas virtuais da região faturaram juntas cerca de R$ 2 milhões. Os dados foram levantados pela Loja Integrada, plataforma para a criação de lojas virtuais mais popular do país, com mais de 500 mil criadas.

Segundo a pesquisa, foram abertas quase 5 mil novas e-lojas em 2016, número 44% maior do que registrado em 2015. Os dados mostram que o segmento que mais se destacou na Bahia durante 2016 foi o de Moda e Acessórios, que representou 20% do faturamento total.

Livros e Revistas (17%) e artigos Fitness (15%) também foram nichos escolhidos pelos usuários na hora de abrir uma loja virtual no estado, de acordo com Breno Nogueira, especialista em comércio eletrônico e Head da Loja Integrada.

“Investir em uma loja virtual é uma ótima alternativa para quem busca iniciar um negócio próprio, complementar a renda ou até mesmo driblar o desemprego. Cada vez mais o brasileiro vê na internet uma oportunidade de se tornar dono do próprio negócio”.

Custos baixos

“Para quem vende na internet, o investimento inicial e os riscos são mais baixos, já que o empreendedor pode começar de casa e com um estoque pequeno. As dicas são investir na divulgação, em ferramentas para otimizar e organizar o envio e caprichar no visual da loja”.

Foi o caso de Claudemiro de Araújo, de 25 anos, dono da loja virtual de bonecas Minha Reborn. A oportunidade de trabalhar em casa e o investimento inicial baixo foram os principais fatores que o levaram a iniciar um negócio próprio na internet.

A loja foi criada em 2016 e, logo no primeiro mês, já registrou vendas. Atualmente, ela fatura, em média, R$ 5 mil por mês. “No último mês, porém, começamos a investir em novas campanhas de divulgação da loja pela internet e atingimos um faturamento 6 vezes maior”.

Já veterano do e-comércio, Claudemiro afirma que “vender online nos possibilita atingir o Brasil todo. Hoje sou muito feliz por ter meu próprio negócio”.



 

terreno na bahia