a regiao
Find more about Weather in Itabuna, BZ
santander
6.Janeiro.2018

Cidade inteligente menor que Itabuna dá lição

de tecnologia com um sistema que “tudo sabe e tudo vê”. É Santander, cidade de 180 mil habitantes da Espanha, que ficou conhecida como a cidade inteligente, graças à implantação de 12 mil sensores que monitoram o ar, as lixeiras, o trânsito, a iluminação pública e até pontos históricos.

Mas eles seriam inúteis sem uma equipe para tomar as providências necessárias e o acesso público através de um aplicativo de celular. Os moradores podem consultar as informações e enviar denúncias pelo aplicativo, chegando em instantes à autoridade da área.

Pelo aplicativo SmartSantander, é possível saber e ver imagens em tempo real da localização de ônibus, táxis e viaturas da polícia, a situação do trânsito, até as zonas com muita poluição sonora e do ar, além de informações turísticas e dados sobre monumentos e espaços públicos.

Ação pioneira

A implantação começou em 2009 e foi pioneira, tornando a cidade, 450 km ao norte da capital, Madrid, uma referência mundial. No centro de Santander existem 400 sensores nas ruas monitorando as vagas de estacionamento, que são informadas em painéis nos postes e por GPS.

Pelo aplicativo é possível pagar o estacionamento e renovar o tempo de parada sem precisar ir até o parquímetro para colocar moedas. Os sensores nos coletores de lixo avisam quando estão cheios para que sejam recolhidos, diminuindo as despesas com a limpeza urbana.

A irrigação dos parques é ativada apenas quando se detecta que o solo está seco. Quem usa o app pode localizar lojas, bibliotecas, ambulatórios, se informar sobre seu consumo de água em tempo real e receber um alerta em caso de algum vazamento.

Nos postes, os sensores permitem que a iluminação seja controlada, gerenciando o nível de luz de acordo com a presença de pessoas. O medidor de qualidade do ar avalia o nível de poeira e ruído. A polícia é alertada automaticamente em caso de música acima do limite legal.

Sem vandalismo

Os sensores ficam escondidos no chão ou presos a luminárias, ônibus e lixeiras, mas nunca foram roubados ou vandalizados, coisa difícil de assimilar para quem mora em Itabuna, onde se quebra de lixeiras a pontos de ônibus.

Os usuários não precisam se registrar para usar o app, mas pode ajudar a manter a cidade agradável. Centenas de sugestões já foram recebidas pela prefeitura, que passou a economizar 25% na conta de energia elétrica e 20% na coleta de lixo.

Se alguém quiser informar sobre um buraco na rua, por exemplo, basta fotografá-lo com o smartphone. A foto segue com a localização captada pelo GPS direto para os responsáveis pelo conserto, para os políticos que devem fiscalizá-los e os próprios cidadãos.