Compre seu dominio hoje! Calango! o Portal da Bahia News from London

Menu o Portal da Bahia o Portal do Cacau 24h ao vivo na internet Voce ja esta aqui! a regiao que inspirou Jorge Amado o jornal do brasileiro no exterior os agitos da Bahia
volta para a capa

Outros 500 Anos

Capa
Noticias
Colunas e Artigos

Leia Mais

Pataxós:
Os donos
expulsos da festa

Carta dos Indios
Escrita em
Coroa Vermelha

Tupinambás:
Em busca da
identidade

Governo:
A cruz do
colonizador

Porto Seguro:
A carta de Caminha, 500 anos depois

. 500 anos

Brasil dá vexame nos 500 anos
      Jornais, rádios e tevês do mundo inteiro foram testemunhas de um vexame brasileiro que dificilmente será esquecido.
      O que deveria ter sido a festa dos 500 anos de Brasil terminou em violência da Policia Militar contra indios e estudantes; isolamento inconstitucional da cidade de Porto Seguro; irritação dos turistas e uma festa para poucos privilegiados.
      O jornalista Daniel Thame estava lá e relata, com todos os detalhes, o que realmente aconteceu naquele 22 de abril de 2000 em Porto Seguro.
      Muitos dos detalhes foram ignorados pela midia nacional, que ainda tentou salvar o clima de festa promovido pelos governos estadual e federal. Mas nosso vexame foi inevitável. Confira toda a história neste link.

Caravela de R$4 mi não serve para nada
      A réplica da caravela de Cabral, construída em Salvador para participar da festa dos 500 anos de Brasil não navega, não empolga, não veleja.
      Somando um desperdício de dinheiro público de R$4 milhões, a réplica tentou navegar por quatro vezes sem conseguir, sendo obrigada a voltar ao estaleiro.
      Há 500 anos atrás engenheiros portugueses contruiram a caravela original sem a tecnologia de hoje e ela navegou da Europa até a Bahia sem problemas.
      Hoje, com tecnologia de ponta e motores possantes disponíveis, nossos engenheiros parecem ter perdido 500 anos de estudos e conhecimento.

Indios escrevem carta dos 500 anos
      lembrando, entre outras coisas, que nossa sociedade foi "fundada na invasão e no exterminio dos povos que aqui viviam, foi construida na escravidão e na exploração dos negros e dos setores populares.
      É uma história infame, é uma história indigna."
      O documento, escrito ao final da Conferência dos Povos e Organizações Indigenas, em Coroa Vermelha, no sul da Bahia, exige o cumprimento dos direitos garantidos na Constituição, entre eles a demarcação e devolução das terras indigenas, retirada dos invasores e proteção contra eles, apuração dos crimes cometidos contra os indios e a punição dos culpados. Leia a íntegra das exigências neste link.

.
Patrocinado por O jornal do brasileiro no exterior

[ Geral ] ....  [ Itabuna ] ....  [ Ilheus ] ....  [ Bahia ] ....  [ Malha Fina ] ....  [ Comercial ] ....  [ Volta ]

Copyright©2001 A Região Editora Ltda, Praça Getúlio Vargas, 34, 45600-000, Itabuna, BA, Brasil
Telefax (73) 211-8885. Reprodução permitida desde que sem mudanças e citada a fonte.

Click Here!