Calango.com
A Regiao
Volta ao inicio
Inicio
Fale conosco | Tempo na Bahia | Servicos | Quem somos
Artigo

:: Ultimas
:: Geral
:: Itabuna
:: Ilhéus
:: Bahia
:: Malha Fina
:: Charge!
:: Internet
:: Giro Geral
:: Giro da Bahia
:: Entrevistas
:: Artigos
:: Serviços
:: Comercial
:: Contatos
 
 
Calango o Portal da Bahia
Anuncie aqui: (73) 3043-8941

 

13.Outubro.2011

Denunciar ou calar? Eis a questão!

© Antonio Nunes             antonionunes@veloxmail.com.br

        Parafraseando as palavras de Ruy Barbosa, temos de dizer que de tanto ver as canalhices e desmandos serem implantados sem as penalidades das leis, verificamos que fazer alertas para determinados fatos, comprovadamente maléficos, é uma verdadeira perda de tempo ou, infelizmente, pregar no deserto angariando antipatias, inimizades e, se duvidar, até perigo de vida!
        Mas, com todas essas possibilidades de impossibilidades de resultados, jamais temos que nos deixar vencer pelo cansaço, pois é exatamente o que deseja os responsáveis pelos desmandos, sabedores que o povo tem memória curta e são manipuláveis pelas suas declarações de palanques, acreditando nas repetidas promessas jamais cumpridas e, infelizmente, pouco lêem jornais e analisam quando estão sendo enganados e quanto serão novamente ludibriados pelos falsos profetas, que aparecem sempre como os solucionadores de todas as suas necessidades.
        Algumas vezes o desânimo nos chega, tristemente, fazendo com nos sintamos andorinhas solitárias, lutando em favor de causas coletivas e comunitárias, quando percebemos que, com uma festinha de bairro ou um asfaltinho tapeador de um trecho, essas simplórias e falsas figuras sejam olhadas como heróis e competentes.
        O povo deve ter a consciência que esses homens são, simplesmente, “SERVIDORES PÚBLICOS”, pagos pelo ele para servi-lo e que não estão fazendo nenhum favor.
        Apenas cumprindo os seus deveres e obrigações e, se não estão se comportando com honestidade, compostura e respeito, devem ser chamados a atenção e, em muitos casos, exigir das leis que sejam punidos por seus graves e prejudiciais erros contra os cofres públicos.
        O povo já deveria ter se conscientizado que ele é que é o patrão e os políticos são seus representantes, porém, para desempenharem papeis honestos e eficientes para as comunidades.
        Será que já esqueceram a vergonhosa crise que assolou na câmara de vereadores, envolvendo a maioria dos seus membros?
        Que a Fundação de Atenção a Saúde de Itabuna FASI (mantenedora do Hospital de Base – HBLEM) está, praticamente, sem funcionar dignamente, pois os recursos que são destinados pelo governo do Estado são usados para pagar uma folha de apadrinhados e um invejável cabide de empregos?
        Não acreditamos que essa acomodação vá continuar por muito mais tempo, deixando que esses criminosos impunes, sejam novamente dignos de receberem votos para voltarem para continuar a prática de peculatos e desplantes, na certeza que, juridicamente, jamais serão punidos!
        Podemos até dar uma trégua para refazer nossas forças, mas, jamais deixaremos de tentar alertar o povo contra esses danosos políticos que não se respeitam e nem ao próprio povo que lhe confiou seus cargos!
        Denunciar sempre. Eis a questão!


 


Por Antonio Nunes, empresário, poeta, escritor ("Vida Louca", Livraria Nobel do Shopping Jequitibá). ansouza_ba@hotmail.com
Morena FM 98.7
folhaWeb
Uma seção sobre internet, em especial a do sul da Bahia

Cotações
Dolar, Cacau, Boi Gordo, Café e Leite

Eventos
A agenda de eventos da Bahia, do portal Calango.com

Links
Os sites recomendados por A Região

Balaio
Os classificados online de A Região

Marcel Leal
Artigos do presidente da Rede Morena

Caso Leal
Mais de 5 anos de impunidade

Calango.com
Conheça o Portal da Bahia

Propaganda
Saiba como anunciar em A Região e confira a pesquisa de audiência


[ Geral ] ....  [ Itabuna ] ....  [ Ilheus ] ....  [ Bahia ] ....  [ Malha Fina ] ....  [ Comercial ] ....  [ Giro Geral ]

Copyright©1997-2011 A Região Editora Ltda, Praça Getúlio Vargas, 34, 45600-020, Itabuna, BA, Brasil
Telefone (73) 9131-7765. Reprodução permitida desde que sem mudanças e citada a fonte.