10.Dezembro.2016

bairro

Itabuna vai viver pesadelo novamente

com Fernando Gomes, o “Cuma”, repetindo as fraudes e irregularidades com dinheiro público que marcaram sua gestão anterior, o abandono da cidade, da educação e da saúde. Fernando Gomes foi liberado pelo TRE-BA para ser diplomado novo prefeito de Itabuna.
      Mas a posse não está garantida, já que o Ministério Púiblico Eleitoral vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral porque Gomes tem uma condenação no TCU, por unanimidade, por superfaturar a compra de duas ambulâncias. Com isso, ele contionua ficha-suja.
      Caso o TSE libere Cuma para a posse, a gente mopstra um pouco do que a cidade pode esperar, lembrando como foi seu último ano da gestão anterior, 2008. Uma de suas ações foi cortar o adicional de insalubridade de mil servidores da saúde, sem critério algum.
      Cuma deixou os servidores com 5 meses de salário sem pagar, e sem 13º salário. As contas da Saúde foram alvo de vários processos baseados em relatórios do TCM, como o que mostrou o desvio de R$ 2 milhões em contratos suspeitos e gerou a rejeição das contas da FASI.
      A Fundação de Atenção à Saúde do Município de Itabuna (Fasi) é a entidade que administra o Hospital de Base. O relator Paolo Marconi apontou uma série de irregularidades gravíssimas, incluindo cheques sem fundo, pagamentos sem nota fiscal nem recibos.
     
      Hospital da morte
      O Hospital de Base, administrado por um ex-dono de funerária, bateu o recorde de óbitos em 2008, ganhando o apelido de “hospital da morte”. O medo da população era tanto que muita gente preferia sofrer em casa do que ir para a unidade.
      Na educação, Cuma foi condenado a devolver verba desviada do Fundeb, R$ 152.079,49, e o então conselheiro Otto Alencar relatou inúmeras irregularidades, afirmando que houve desvio de recursos do Ministério da Educação. Todas as 4 contas foram condenadas no TCM.
      Nos bairros, o abandono foi a norma. Não existia iluminação pública, os buracos invadiram as ruas, os esgotos estavam sempre entupidos, a coleta de lixo deficiente e o posto de saúde precário. No centro, imperavam os buracos e coleta de lixo irregular. Em 2017, tudo isso pode voltar.

|

      Mais notícias de Itabuna aqui, aqui também, e mais uma e outra.



 
compre fazenda
Anuncie aqui: anuncio@aregiao.com.br

 

Copyright©1996-2014 A Região Editora Ltda, Praça Manoel Leal (adami), 34, 45600-023, Itabuna, BA, Brasil | Reprodução permitida desde que sem mudanças e citada a fonte.