Calango.com
A Regiao
Volta ao inicio
Inicio
Fale conosco | Tempo na Bahia | Servicos | Quem somos

Itabuna
:: Capa
:: Geral
:: Itabuna
:: Ilhéus
:: Bahia
:: Malha Fina
:: Charge!
:: Internet
:: Giro Geral
:: Giro da Bahia
:: Copa do Mundo
:: Cultura, lazer
:: Entrevistas
:: Artigos
:: Serviços
:: Comercial
:: Contatos
 
 
Anuncie aqui: (73) 3043-8941


19.Abril.2014



Licitação da prefeitura aceita empresa suspeita
- considerando a Construmil Construtora “idônea” e liberando-a para participar da licitação. A Construmil está impedida de participar de qualquer licitação pública, porque foi declarada inidônea pela Prefeitura de Jequié, o que estende o status para outros municípios. prefeitura
      Seu sócio, Washington Luiz Nascimento de Santana, responde a ação penal, junto com o ex-prefeito de Ilhéus, Valderico Reis, aberta na 2ª Vara Criminal de Ilhéus depois de proposta pela promotora Karina Querubini.
      Eles são acusados de desviar o dinheiro que deveria ser usado na ampliação e reforma de uma escola no Basílio, que nunca foi realizada, apesar de ser totalmente paga pelo ex-prefeito. A ação inclui a empresa DSDSDA e dois secretários da época.
      A empresa também responde pela falsificação de um carimbo de autenticação de cartório em Itabuna. A Construmil já tentou entrar numa licitação em Itapé e em Barra do Rocha, mas foi barrada justamente pela falta de idoneidade decretada em Jequié.
      Um detalhe que levanta suspeitas é que, em todos os editais da prefeitura de Itabuna, existe uma cláusula, legalmente obrigatória, que exige certificado de idoneidade das empresas concorrentes. Mas no edital do Shopping Popular esta cláusula foi suprimida.
      A Comissão Permanente de Licitação é formada por Maria das Graças Saturnino dos Santos, presidente; Katiane Santos Barbosa e Luciane de Carvalho Soares. Cristophe Sergio S. Silva, que atuava na gestão do ex-prefeito Azevedo, foi o “consultor na área de licitações e contratos administrativos”.




Itens da ceia da Semana Santa não subiram
de preço neste ano, mas o que surpreendeu mesmo os consumidores foi a falta deles nos sacolões e em alguns supermercados. Comprar um quilo de quiabo, por exemplo, tem sido um desafio.
      Além da falta, quando são encontrados, são tão duros que o consumidor nem faz questão de levar, mesmo custando em torno de R$ 2,90 o quilo. E olhe que o quiabo é praticamente indispensável para quem tem o hábito de fazer caruru. bacalhau
      Outros produtos, como jiló, maxixe e cebola, também integram a lista de alimentos escassos principalmente nos sacolões. Os encontrados nem estão caros, mas não são de boa qualidade. Diferente da abóbora, que tem de sobra nas prateleiras, com preços entre R$ 2,80 e R$ 3,50 o quilo.
      Um dos produtos, entretanto, teve um aumento pra lá de salgado: a batata inglesa. Tanto nos sacolões quanto nos supermercados o preço vai de R$ 4,80 a R$ 5,99 o quilo. A exemplo de outros legumes, a batatinha também não tem a melhor das aparências.
      Os peixes
      Outro ingrediente que não falta na mesa de quem costuma manter a tradição da ceia típica da época é o bacalhau. E, para surpresa geral, o peixe pode ser encontrado com preços tentadores. Numa grande rede de supermercados, por exemplo, o quilo custa R$ 27.
      O “genérico”, conhecido como saite, gira em torno de R$ 23. Ou seja, não houve aumento no preço da mercadoria e o estoque é grande. Como o período demanda peixes, os estabelecimentos reforçaram o estoque de outros tipos.
      É o caso da corvina em posta, cavalinha, sardinha e filé de merluza. Todos com preços acessíveis ao consumidor menos abastado.
      “Dá para fazer uma boa ceia este ano porque os preços realmente não estão altos se comparados a anos anteriores. Para mim é uma surpresa, bem agradável, claro”, confirma o representante comercial José Luiz Bonfim. Ele disse que aproveitou a baixa para comprar salmão a R$ 23 o quilo.
      Ovos de páscoa
      Como nem só de comida salgada vive o consumidor temos, em praticamente todos os supermercados e lojas especializadas, os tradicionais ovos de chocolate. Estes sim, com preços não tão doces quando o próprio. A depender do tamanho, podem custar até por R$ 100 a unidade.
      Entre as opções estão marcas consagradas e todos os tamanhos. Os ovos de chocolate inspirados nos desenhos infantis são o alvo de quem não abre mão de ganhar um. As linhas de Barbie e Hello Kitty são tentadores, assim como o que vem com uma mochila infantil como brinde.


Remoção de banca deixa Praça da Bandeira melhor
para pedestres e para quem valoriza o espaço coletivo. A Secretaria do Desenvolvimento Urbano – Sedur conclui nos próximos dias a recuperação dos canteiros e do sistema de iluminação da Praça da Bandeira, no centro. praca bandeira
      Nesta semana ela retirou duas barracas que estavam abandonadas há muito tempo. A ação da Prefeitura de Itabuna, que mobilizou operários e máquinas, atendeu a pedido de vários artistas durante a inauguração do Teatro Zélia Lessa e a um abaixo-assinado de moradores e lojistas.
      Durante a noite as barracas eram usadas por desocupados e traficantes de drogas.
      Segundo o diretor do Departamento de Obras Públicas e Fiscalização da Sedur, Fernando Salles, o trabalho de remoção de barracas abandonadas pelos ambulantes na zona central da cidade vai continuar para que as áreas públicas sejam preservadas.
      “A orientação é de zelar pelo patrimônio público, o que inclui praças, jardins e áreas de uso comum da população”. No caso da remoção das barracas não houve prejuízo aos proprietários, a quem foram devolvidas mercadorias, utensílios e materiais.
      Nos primeiros três meses do ano, a Sedur tem intensificado a fiscalização e orientação aos cidadãos que constroem seus imóveis em áreas públicas irregularmente, aos que edificam sem alvará e que constantemente são alertados para riscos estruturais.






 
Anuncie aqui: (73) 3043-8941
papa jaca
Cinema
Confira os filmes em cartaz no Starplex e no Cine Santa Clara

Cotações
Dolar, Cacau, Boi Gordo, Café e Leite

Eventos
A agenda de eventos da Bahia, do portal Calango.com

Links
Os sites recomendados por A Região

Balaio
Os classificados online de A Região

Marcel Leal
Artigos do presidente da Rede Morena

Calango.com
Conheça o Portal da Bahia

Propaganda
Saiba como anunciar em A Região e confira a pesquisa de audiência


[ Geral ] ....  [ Itabuna ] ....  [ Ilheus ] ....  [ Bahia ] ....  [ Malha Fina ] ....  [ Comercial ] ....  [ Giro Geral ]

Copyright©1996-2013 A Região Editora Ltda, Praça Manoel Leal (Adami), 34, 45600-020, Itabuna, BA, Brasil
Reprodução permitida desde que sem mudanças e citada a fonte.