malha fina
3.Dezembro.2016

aldenes meira

Condenado

      O TCM condenou o presidente da Câmara de Itabuna, Aldenes Meira, pelas estripulias de 2015. Todas, diga-se, amplamente denunciadas aqui na Malha Fina. Uma delas foi o gasto absurdo com o concurso, R$ 425.250.

Que propaganda?

Intrigante mesmo é ele ser condenado por gastar demais em publicidade, R$ 407.046. Como deu calote em quase toda a mídia local, esse valor deve existir só no papel mesmo. O dinheiro “gasto” deve ter se perdido no caminho...

Superfaturado

Aldenes Meira ainda foi condenado por gastar demais em arquivo digital (R$ 88 mil), buffet (R$ 72 mil), serviços de informática (R$ 62 mil), manutenção das impressoras (R$ 56 mil!) e xérox (R$ 28 mil!). Se é que gastou mesmo.


Papo de político

É difícil entender a matemática política. O governo da Bahia anunciou que vai contratar 9 mil jovens do programa Primeiro Emprego. Mas o estado não estava apertado? Já não está no limite de pessoal da LRF? Qual é a mágica?

Mais do mesmo

Segundo amigos de Marão, Alcides Kruschewski e Alisson Mendonça devem ser secretários, assim como José Nazal. Ou seja, o secretariado de Marão vai ser uma versão reciclada dos anteriores. Só acrescentando alguns pastores...

Procura-se

Por onde andam os candidatos a prefeito de Itabuna? Augusto, Davidson, Geraldo, Cuma e Azevedo sumiram da cidade “que amam” logo depois da eleição. O único que continua trabalhando nela é Mangabeira e seu vice, Wense.

Tão nem aí

Dá para entender o sumiço de Devidson e Geraldo, depois do enorme vexame eleitoral, assim como o de Azevedo, impedido de ser candidato por 8 anos. Cuma espera sentado pela posse e Augusto cuida da vida em Salvador.

Uesc ilegal

Já passou da hora de a Uesc cumprir a lei e retirar de seu principal auditório o nome de um ex-governador muito vivo. A lei proíbe nome de pessoas vivas em bens públicos. A Uesc tem um curso de Direito. Falta aplicar o que ensina.

Esquisito

Parece um balé ensaiado. Antes de decidir, o juiz pede vistas. Na volta, vota a favor de Cuma. Já aconteceu 2 vezes em 2 votos a favor dele. Outro pediu vistas e deve votar (a favor?) em breve. Será que o último vai pedir vistas também?

O tempo manda

Não adianta “convencer” juízes no TRE se voce não controla o tempo. Para confirmar a posse do maior processado da história da cidade, é preciso que o julgamento no TRE aconteça, siga para o TSE e seja julgado lá antes do dia 19...

Não deu

Por falar nisso, Cuma foi derrotado no recurso do TCU. Condenado por unanimidaade na fraude das ambulâncias, ele entrou com recurso só para facilitar no TRE. Esperava que o julgamento por lá já tivesse acabado. Agora, danou-se.

Onde está Vanely?

wally Procura-se o prefeito Vane e os secretários de Itabuna. Todos desapareceram e deixaram a prefeitura abandonada como cachorro velho. Vane só fica em Salvador, Marcos Cerqueira e Otto Mattos estão curtindo as praias de Itacaré.

Falta assunto

Deviam empossar alguém logo em novembro, porque o governo acabou em outubro. Nesta semana, uma das “notícias” divulgadas pela prefeitura de Itabuna foi o conserto de uma escavadeira. Não é nada, não é nada mesmo.

Pega ladrão

Dizem que na delegacia de furtos correm dois inquéritos onde os investigados são funcionários da Ciretran de Itabuna. Um dos inquéritos diz respeito a vários veículos clonados na região onde a base do crime é a Ciretran.

Propineiros

O outro inquérito é um crime antigo que voltou a acontecer, o “pagou passou”. Dizem que custa entre R$ 200 e R$ 500 para ser aprovado nas provas. Se for analfabeto, chega a R$ 2 mil. O inquérito tem os nomes de todos os bandidos.

Sonhando alto

A turma do cacau não ficou incomodada com a queda de Geddel. A indicação de Imbassahy está sendo comemorada. Dizem que prometeu anistiar as dívidas. Mas para isso precisa de uma nota técnica da Ceplac e aí é com Juvenal.

Vai dar enfarto

O vereador Ruy Machado e o resto da turma do ficha suja Fernando Gomes demonstravam desespero com a queda no TCU. Os mais deprimidos dizem não estar aguentando mais tanta ansiedade. Qualquer coisa, corre para o HBLem...

Nem cadeado

As contas da Câmara de Itabuna de 2015 foram rejeitadas de cabo a rabo. Foram mais de R$ 2 milhões de despesas excessivas. Tem de realização de concurso a manutenção de impressora. Não tem cadeado que feche essas contas.

Nem cimento

É o caixa de campanha florescendo. Se em 2015 foi essa farra de despesas, o que será de 2016, ano de campanha de reeleição, com tantos cabos eleitorais para pagar, carro de som, compra de votos, etc? Nem cimento tapará o rombo.

Aí tem coisa

O presidente da Câmara de Itabuna, Aldenes Meira, convenceu a prefeitura a enviar um projeto de lei que autoriza a doação de 16 hectares em Nova Ferradas para supostamente beneficiar agricultores da Associação de Horteiros.

Desistiram

O projeto de lei teve voto favorável de todos os vereadores na sessão de quarta-feira 30. Na primeira votação o projeto chegou a ser questionado pelos vereadores Nadson Monteiro e Junior Brandão, que depois resolveram apoiar.

Fraude verde

O MP precisa agir imediatamente. A doação é ilegal, só atende a interesses de empresários, comerciantes, advogado, padre, pastor e outros profissionais liberais que compraram irregularmente áreas cedidas a pequenos agricultores.

Para investigar

A trama foi montada pelo pastor Marcelo com apoio de Aldenes e o secretário de Agricultura Sandro Lopes que, dizem, conseguiu dois lotes. Esse tipo de concessão só deve ser feito para atender interesse público, com licitação.

Sem novidade

Diz o boato que o filho do fiel escudeiro Orleans deve ser secretário de Cuma (se for empossado). Parece que o secretariado “de gente nova” será basicamente formado pelos filhos “de velhos secretários”. Ou mais do mesmo.

Settran a pé

Acredite se quiser. A secretaria de trânsito de Itabuna não pode circular porque está há seis meses sem viatura para trabalhar. Como não tem carro, a Settran não transita, não fiscaliza ônibus, táxis nem o trânsito de Itabuna. Parou.

Só o começo

Na segunda 5, a comissão de finanças e tributos da Câmara de Itabuna se reúne para analisar as contas do prefeito Vane referentes ao exercício de 2014. Como a comissão é presidida pelo vereador Chico Reis, vem “pressão” por aí.

|


Mais colunas:

Cláudio Humberto, politica
Hélio Castro Neves, velocidade
Daniel Thame, esportes
Marcel Leal, opinião
Diogo Caldas, coluna social
Juliana Soledade, cronicas
Tech, tecnologia e games
Malha Fina, notas ácidas

 
compre fazenda
Anuncie aqui: anuncio@aregiao.com.br

 

Copyright©1996-2014 A Região Editora Ltda, Praça Manoel Leal (adami), 34, 45600-023, Itabuna, BA, Brasil | Reprodução permitida desde que sem mudanças e citada a fonte.