Gilka Badaró é multada pelo TCM

A ex-prefeita de Itajuípe, Gilka Badaró, foi multada pelo Tribunal de Contas dos Municípios em R$ 1.500 por não apresentar a prestação de contas de outubro a dezembro de 2016.

Ela também não incluiu os dados referentes a dezembro no Sistema Integrado de Gestão e Auditoria – SIGA.

O conselheiro Plínio Carneiro Filho afirmou que a omissão impede a ação fiscalizatória e o exercício das

competências constitucionais do TCM. Além disso, frustra o exercício do controle social da gestão pública.

As documentações referentes às contas dos três últimos meses de Gilka só foram remetidas ao TCM em junho, após lavratura e notificação de termo de ocorrência.

Já os dados da gestão relativos ao mês de dezembro só foram lançados no sistema SIGA após notificação do tribunal sobre o termo de ocorrência. Cabe recurso da decisão.

23:55   |