Itabuna entre 'letais para jovens'

Camaçari e Itabuna lideram o índice de assassinato de adolescentes das 10 cidades do país que mais registram casos de homicídios na faixa etária entre 12 e 18 anos. Os dados constam do Índice de Homicídios na Adolescência 2014 (I.H.A.).

Ele é feito em parceria pelo UNICEF, Ministério dos Direitos Humanos, Observatório de Favelas e o Laboratório de Análise da Violência da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

De acordo com o estudo, os índices seguem crescendo no Brasil, sobretudo no Nordeste atingindo, na maioria, meninos negros. O ranking dos municípios de mais de 200 mil habitantes com maior incidência de violência contra jovens é encabeçado por Serra (ES).

Mas a Bahia foi o estado que apresentou mais municípios entre as 20 cidades com maior risco: Vitória da Conquista, Feira de Santana e Salvador, além de Itabuna e Camaçari. A pesquisa do UNICEF diz que o IHA.é calculado para cada grupo de mil pessoas entre 12 e 18 anos.

A partir da análise das informações de 2014, de cada mil adolescentes 3,65 correm o risco de ser assassinados antes de completar o 19º aniversário.

19:19   |