Prefeito ilheense apela a ministro

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, foi recebido em Brasília pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann. Ele foi pedir a reativação dos procedimentos de aproximação por instrumentos do aeroporto Jorge Amado. Jungmann recebeu o prefeito em sua residência oficial.

Mário levou o secretário de Governo Alisson Mendonça, de Infraestrutura Hermano Fahning, do diretor de Turismo Bernardo Castro Soares e um piloto da aviação civil que experiência em pousos e decolagens em Ilhéus.

O prefeito explicou os transtornos e prejuízos causados à cidade e aos usuários no período das chuvas. Ele disse a Jungmann que nestas ocasiões as empresas têm custos elevados de hospedagem, aluguel de ônibus, querosene e, até mesmo com custas judiciais oriundas de ações junto ao Procon.

“Essa questão faz com que as companhias aéreas cobrem mais caro para operar em Ilhéus devido ao risco financeiro”. Com a volta das operações por instrumentos, as aeronaves dificilmente deixarão de pousar e decolar no aeroporto.

Segundo Mário, toda a região sul da Bahia perdeu diante das limitações impostas, anos atrás, ao Aeroporto Jorge Amado. “Estou convicto de que haverá empenho do ministro para atender as nossas demandas”, assegura.

A dúvida é se o Governo Federal é o canal adequado para o pedido, já que o aeroporto Jorge Amado teve sua administração transferida da Infraero para o Governo da Bahia, a quem compete os novos investimentos.

18:39   |