Agência que perdeu foi premiada

A Prefeitura de Itabuna anulou a licitação para contratação da agência de propaganda oficial depois que a favorita do prefeito Fernando Gomes, a Ação Propaganda, que fez sua campanha, foi derrotada tecnicamente pela Mangalô.

A Prefeitura não fez nova licitação. Ao invés disso, abriu uma outra para contratar uma emissora de tv para "transmitir pronunciamento do prefeito, secretários e agentes municipais", algo que não tem previsão legal no país.

O resultado saiu nesta sexta, sem surpresa alguma, pois os analistas políticos já tinham apontado quem seria a vencedora há semanas: a Ação Programadoras de canais Independentes Ltda – ME, do mesmo dono da Ação Propaganda.

Ela opera a TV Itabuna, que tem uma audiência ínfima e só pode ser captada na cidade através de uma operadora de tv a cabo. Mesmo assim a empresa vai receber R$ 336 mil para prestar o serviço por menos de um mês.

O Ministério Público estadual na cidade ainda não fez qualquer pronunciamento sobre o cancelamento da licitação de agência nem sobre a da transmissão de pronunciamentos.

0:14   |