Enem relembra regras da prova

Caneta esferográfica de tinta preta e documento oficial com foto são os dois itens que não podem ser esquecidos pelos candidatos que vão fazer o segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio neste domingo.

Serão aplicadas provas com questões de matemática e ciências da natureza. A caneta deve ser fabricada com material transparente e obrigatoriamente preta, porque outra cor de tinta impossibilita a leitura óptica do cartão de respostas.

Já o documento pode ser a identidade, carteira de motorista, de trabalho, de reservista ou passaporte. A carteira de estudante não será aceita como documento oficial. Também não serão aceitas cópias, nem as autenticadas.

Se o candidato perdeu ou teve o documento roubado, deve apresentar um boletim de ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias do primeiro domingo de aplicação do Enem. As exigências de segurança continuam valendo.

A abertura dos portões será ao meio-dia, horário de Brasília. Não será autorizado o uso de celular ou aparelho eletrônico. Os aparelhos terão de ser colocados em um porta-objetos com lacre, que deve ficar embaixo da cadeira até o fim das provas.

O candidato também não poderá usar lápis, lapiseira, borracha, livros, manuais, impressos, anotações, óculos escuros, boné, chapéu, gorro e similares, portar armas de qualquer espécie, mesmo com documento de porte.

Se estiver com um desses objetos, eles também deverão ser colocados no porta-objetos.

0:13   |