TPM
CÓLICAS
ENXAQUECA
EXCESSO DE PESO
TPM
tratamento
os medicamentos mais utilizados
o que comer & o que evitar
atividade física & sexo
tabela dos sintomas
FIBROMIALGIA
IRRITAÇÃO E DEPRESSÃO
PRISÃO DE VENTRE

O QUE É
Dra. Mara DiegoliÉ uma síndrome caracterizada por uma variedade de sintomas físicos e psicológicos que se manifestam antes e durante a menstruação e interferem no bem estar e disposição das mulheres, no seu ritmo de trabalho e relacionamentos, familiar ou social. As pesquisas mais recentes dão conta de que 35% das mulheres em idade fértil sofrem de Tensão Pré-Menstrual (TPM). Outros 50% sentem sintomas de desconforto antes da menstruação menos intensos como cólicas menstruais ou dores de cabeça. Apenas 15 % das mulheres não sentem nada antes da menstruação.
O QUE CAUSA A TPM
Qualquer mulher pode experimentar TPM em alguma fase da vida, mas a síndrome é mais freqüente entre as que tem mais de 30 anos e estão expostas a fatores de risco como dupla jornada de trabalho e estresse ou tem predisposição genética. Alterações nos níveis de serotonina, substância que é produzida pelo cérebro e que regula o humor e o apetite, são responsáveis pelas sensações de irritabilidade, agressividade, depressão e mudanças no apetite típicas da TPM. O excesso de prostaglandinas, um hormônio produzido pelo organismo, está na origem das dores como as cólicas menstruais. Segundo alguns estudos, pacientes cujas mães sofriam de TPM tem mais tendência a manifestá-la. O sedentarismo, fatores sócio-econômicos como desemprego, e problemas afetivos também podem desencadear ou agravar a TPM.
PRINCIPAIS SINTOMAS
SINTOMAS FÍSICOS
SINTOMAS PSICOLÓGICOS
Edema
Ganho de pesor
Mastalgia
Ondas de calo
Cefaléia
Dor Pélvica
Mudança nos hábitos intestinais
Irritabilidade
Agressividade
Ansiedade
Depressão
Letargia
Insônia
Mudança de apetite
Choro
Alteração de libido
Perda de concentração
Pobre coordenação
acidentes
Fontes
Mara Diegoli, assistente Doutora da Clínica Ginecológica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.Coordenadora do Centro de Apoio à Mulher com Tensão Pré-Menstrual do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Cristina Stephan, ginecologista e pesquisadora do Isbem - Instituto de Saúde e Bem Estar da Mulher, responsável atualmente por um estudo clínico sobre TPM com base no uso de medicamentos diuréticos, anti-depressivos e de ácido gamalinoleico.