INFORMACÃO<Guia de raça << BOUVIER DE FLANDRES >>
  


O VERSÁTIL E FORTE BOUVIER DE FLANDRES

Conheça este pastor boiadeiro, de aspecto potente e dotado de inúmeras qualidades que o fazem ser admirado em diversas regiões do mundo. Com sua aparência forte, barba e bigode característicos, este cão é originário de Flandres, uma região da fronteira franco-belga. Muito antigo, há várias hipóteses sobre sua formação.

 
 

A tese moderna, mais defendida, atribui às origens do Bouvier, o Pastor da Picardia e o Mastim Belga. Seu padrão, no entanto, só foi redigido em 1912 e estabelecido em 1937.

QUALIDADES

Inicialmente, ele era empregado na função de boiadeiro. Ao contrário dos cães pastores que acompanham e conduzem rebanhos de cordeiros, ovelhas ou cabras, o Bouvier trabalha com animais de grande porte, como vacas e bois. Por ser muito forte também era usado para puxar carroças de leite e tracionar moinhos de manteiga. Atualmente se presta a outros variados tipos de trabalhos: guarda de fazendas e outras propriedades, cão de polícia e rastreamento para apanhar, por exemplo, traficantes e caçadores ilegais, guia de cegos, cão de caça e farejador de drogas. Tudo isto graças ao seu excelente olfato, inteligência, iniciativa, agilidade, rapidez de reflexos, facilidade de adestramento, rusticidade, temperamento sereno e equilibrado, coragem, vigor, lealdade aos donos, força e grande determinação. É admirado em países como Canadá, França, EUA e Bélgica. No Brasil a raça é rara. Seu ataque é diferente. Usa muito as patas, o peito e antebraço para golpear o adversário até conseguir mantê-lo preso. Sua mandíbula é muito potente.
O criador Marcos Crnugelj, do Canil Vale dos Bouviers, em Embu Guaçu, SP, comenta que seus Bouviers são excelentes guardas do sítio onde reside e especialmente grandes protetores de sua família. Faz menção também à afinidade e zelo com que a raça trata as crianças e dá especial destaque à facilidade com que aprende as coisas que lhe são ensinadas. "São guardas serenos e tranqüilos, mas não permitem que estranhos invadam minha propriedade ou demonstrem qualquer atitude agressiva com minha família. São também tão inteligentes que dois filhotes, de apenas 6 meses, só de olhar as aulas de adestramento de meu Pastor Alemão aprenderam em apenas 2 dias tudo que ele faz: andar junto, sentar, deitar... É impressionante!".

CARACTERÍSTICAS

O Bouvier de Flandres pertence ao grupo dos cães pastores. Deve possuir corpo curto, quadrado, compacto e musculoso, dando a impressão de força sem ser pesado no conjunto. A altura dos machos é de 62 a 68 cm e de 59 a 65 cm para as fêmeas, com um peso aproximado de 35 a 40 kg para os machos e de 27 a 35 kg para as fêmeas. Os olhos devem ter cor escura, em relação à coloração da pelagem. O nariz deve ser preto e os pêlos ásperos ao toque, com aproximadamente 6 cm. A pelagem bem espessa pode ser fulva ou cinza, freqüentemente tigrada ou cor de carvão, sendo que a capa negra também é admitida, mas não desejável. A cauda deve ser cortada curta (fica no tamanho de 2 ou 3 vértebras) na primeira semana de vida. Ela deve manter-se alegremente em movimento quando o cão estiver em ação. Existem exemplares que já nascem com a cauda curta. O corte de orelhas deve ser proporcional ao volume da cabeça. O Bouvier não deve ter pelagens claras, muito menos branca, olhos claros ou um de cada cor, pêlos lanosos e sedosos, orelhas mal portadas e nariz cor de carne (despigmentado).

Texto: Carmen Olivieri. Copydesk: Marcos Pennacchi. Foto: Paulo Sala. Prop.: Hexastar's Kennel.

Direitos autorais do texto: Cães&Cia, é proibida a reprodução total ou parcial do texto

 
  
conheça também: