Ano 4 - nº 42 
11 de Fevereiro a 2 de Março/03 
  
"Serestas" - Duo Lua Branca (Flauta e Violão)

por Bel Carrilho Martins
borage@uol.com.br

O CD "Serestas", trabalho de estréia do Duo Lua Branca (Flauta e Violão), inaugura a recente parceria do selo Borage Diskos com a Distribuidora Independente, criada pela gravadora Trama para distribuir diversos selos e artistas independentes.

O Duo Lua Branca, formado pela violonista Laura Campanér e pela flautista Mônica Camargo, traz sua experiência em trabalhos individuais para integrar este primeiro trabalho juntas.

Laura Campanér é formada em violão erudito e faz parte do corpo docente do CEM Tom Jobim (Centro de Estudos Musicais), antiga ULM (Universidade Livre de Música "Tom Jobim"), em São Paulo. Mônica Camargo é flautista da Orquestra Sinfônica de Santo André e da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo.

O Duo Lua Branca confirma uma forte tendência que existe no cenário atual para a formação de grupos instrumentais composto por mulheres. Assim, é natural que o lançamento do CD "Serestas" ocorra no mês de março, quando se comemora o Dia Internacional da Mulher.

"Serestas", como diz o título, traz uma série de canções seresteiras que marcaram nossa história musical. Músicas como "A Banda" (Chico Buarque), "Ontem ao Luar" (Catulo da Paixão Cearense/Pedro Alcântara) e Carinhoso (Pixinguinha/João de Barro), estão reunidas num repertório que nos transporta para um lugar imaginário - talvez para uma praça, um coreto de uma pequena cidade - através da suave sonoridade proporcionada pela união entre a flauta e o violão.

Também estão presentes canções como "Luar do Sertão" (Catulo da Paixão Cearense), "Felicidade" (Lupicínio Rodrigues) e "o Rancho Fundo" (Ary Barroso/Lamartine Babo), estas mais próximas da música de raiz.

"Serestas" é um disco onde a simplicidade dos arranjos, baseados na linguagem "solo-acompanhamento" típica desta formação de duo, dão unidade e beleza ao trabalho.

Sem se distanciar dessa característica, há também espaço para um diálogo entre os dois instrumentos, que se revezam no solo de melodia nas músicas "Beijinho Doce" (Nhô Pai) e "A Noite do Meu Bem" (Dolores Duran).

O disco traz ainda duas músicas inéditas "Uma Voz" e "Filme Triste", compostas por Laura Campanér. A música "Lua Branca", da Opereta "O Forrobodó" de Chiquinha Gonzaga, que dá nome ao duo, não poderia faltar nesse álbum de nos proporciona uma prazerosa audição.

"Serestas"
Duo Lua Branca (Flauta e Violão)

Borage Diskos / Distribuidora Independente
http://www2.uol.com.br/borage/brgcat.htm

CAPA BORAGE