ESTRELA DE OSWALD

Saiba como funciona a Estrela de Oswald

FOTOS DIVULGAÇÃO E TOMKROBOTH
Colorimetria é o estudo das cores e suas composições e a Estrela de Oswald é uma das principais ferramentas usadas para entender as regras e conceitos utilizados pelos coloristas.

Funciona como um gráfico ou uma tabela para trabalhar o processo de coloração e neutralização de tons indesejáveis. Na prática, o profissional usa essas regras para eliminar tons incorretos ou criar uma nova cor.

Apresenta seis pontas com cores primárias e secundárias, que estão dispostas de forma que uma determinada nuance tem a sua oposta. Por exemplo, o vermelho é contrário ao verde, enquanto o laranja contrapõe-se ao azul e o amarelo, ao violeta. Essas posições são estratégicas e foram reunidas dessa forma porque um tom ameniza ou potencializa o efeito do outro. O círculo cromático também define as nuances e os matizes das colorações. A partir do que já existe no cabelo, escolhe-se o novo tom.

Para neutralizar reflexos amarelos ou dourados nos fios (retirando a intensidade do reflexo) deverá ser utilizada coloração com pigmento violeta, pois, na Estrela de Oswald, o violeta está em oposição ao amarelo.

Para entender melhor, vale a pena citar dois exemplos:

1. Se o cabelo apresenta muito pigmento vermelho e a cliente quer a nuance marrom frio (que contém vermelho), o profissional pode usar um tom de marrom com reflexo mate (verde), para que o resultado final seja um marrom fechado.

2. Para conseguir a tonalidade louro acinzentado, é necessário tomar cuidado. Se o cabelo está amarelado e recebe a nuance acinzentada (que tem azul) pode acontecer um efeito desagradável, já que amarelo + azul resulta em verde.

publicidade
publicidade