Carreiras & Gestão
Pequenas empresas investem em motivação

O que era costume nas grandes companhias, agora passa a ser um dos principais objetivos das médias e pequenas empresas. Preocupadas com o resultado, segundo pesquisa realizada pela SEC Talentos Humanos, algumas empresas lançam, constantemente novas campanhas de motivação entre seus funcionários.

De acordo com os dados apurados, 65% dos entrevistados mencionaram à falta de motivação como o principal problema dentro das empresas. A pesquisa foi realizada nas capitais das regiões Sul e Sudeste do Brasil. Em cada capital, foram entrevistados cerca de 500 funcionários de médias e grandes empresas.

Em anos anteriores, a instabilidade era a questão que mais preocupava. Para a diretora da SEC, Vivian Maerker Faria, a motivação dos funcionários é fundamental para se obter melhores resultados. “Percebemos que trabalhadores motivados apresentam desempenho melhor em todas as atividades”, explica Vivian.

Iniciativas como as da Woodlouse, loja especializada em moda masculina, mostram que a preocupação em manter os funcionários felizes e motivados vai além do aumento de salário. “O interesse que mostramos em acompanhar o crescimento profissional de cada funcionário parece ser o fator que mais motiva”, afirma Carlos Aziz, proprietário da loja.

A Woodlouse, além de oferecer cursos de capacitação profissional e viagens ao exterior para os consultores se atualizarem das tendências da moda, ainda presenteia, na forma de sorteio, ao final de cada mês, os funcionários com aparelhos de Televisão, Som e DVD. Roupas também são oferecidas conforme a quantidade de peças vendidas. Para Erica Utagava, funcionária da loja, trabalhar motivada é fator essencial no sucesso e desempenho profissional. O consultor mais novo da loja trabalha com Aziz há 10 anos.

Outro exemplo de motivação vem da Pormade, uma fábrica de portas no interior do Paraná. Após a constatação de que 80% dos funcionários iam ao trabalho de bicicleta, mas não tinham condições de manter o meio de transporte em boas condições, a empresa contratou os serviços de uma oficina para o conserto e manutenção.

A oficina retira as bicicletas na empresa, no início do expediente e as devolve consertadas no final da tarde. Para Hermine Luiza Schreiner, diretora de Recursos Humanos da Pormade, um bom pacote de benefícios não é o que tem tudo, mas o que dá aos funcionários aquilo que lhes interessa.

Segundo a SEC Talentos Humanos, estas iniciativas melhoram consideravelmente os resultados obtidos pelas empresas e ainda promove uma interação, que é fundamental para o bom relacionamento entre os funcionários. De acordo com a pesquisa, as organizações deste século devem manter um ambiente dinâmico que permita ao seu colaborador interagir, aprender e crescer junto com a empresa.

Na opinião de Aziz, as empresas, devem oferecer o mesmo tratamento e oportunidade para todos os profissionais e não considerar nenhum funcionário mais importante do que o outro, pois o desempenho depende de todo o conjunto e basta uma pessoa desmotivada para que o resultado final seja diferente. "As empresas que sobreviverão são aquelas que conseguirem mantero espírito de equipe, a parceria e a motivação no ambiente de trabalho", finaliza o comerciante.


Leia Também:

Carreira de biotecnólogo enfrenta problemas

Como resolver conflitos no mundo das franquias

Ética na empresa começa pela entrevista de emprego

Empreendedores usam internet para estudar

Curso online ajuda empresária a colocar a casa em ordem

Muito tempo no PC pode causar problema vascular

Manter escritório organizado aumenta produtividade

Praticar exercício ajuda na tomada de decisão

MWM adota Seis Sigma na planta de Santo Amaro

Alugar imóvel para executivo é bom negócio

Clique Aqui e Veja Mais Carreiras & Gestão
Leia Todas as Últimas Notícias