Estudo apura uso de tablets nas empresas

06-02-2012

A Cisco divulgou recentemente o resultado de uma pesquisa global sobre a opinião dos gerentes de TI sobre dispositivos móveis em formato de tablets nas empresas.

O estudo realizado pela Redshift Research ouviu 1.500 gerentes e executivos de TI nos EUA, Canadá, Reino Unido, França, Alemanha e Espanha para avaliação da opinião, medos e esperança quanto aos dispositivos móveis em formato de tablet no local de trabalho. Ainda um mercado jovem, 2012 é visto como um ano no qual a computação com tablets nas empresas passará por uma mudança substancial.

A Redshift entrevistou gerentes e executivos de TI de várias empresas globais de todos os setores e tamanhos. Todos os entrevistados são os principais tomadores de decisão de TI ou têm um papel principal no processo de decisão de todos os produtos de TI. Proprietários únicos de empresas foram excluídos da pesquisa. O trabalho em campo foi realizado no final de 2011.

Principais resultados:

Demanda por Tablet

Tablets vs. smartphones: quem ganha? Em todo o mundo, os departamentos de TI relatam que os funcionários solicitam um tablet para cada três pedidos de smartphone hoje.

Que país está na dianteira? De todos os países pesquisados, os EUA e a França estão empatados em primeiro lugar -- com um total de pedidos de tablets de 21% no local de trabalho. Executivos seniores são os que mais recebem um tablet nos EUA (38%) e os que menos recebem o dispositivo são do Reino Unido (27%).

Qual é o mais empolgado? A Espanha é a primeira da lista, com 90% dos gerentes de TI indicando achar que o tablet ficará mais popular nos próximos dois anos.
"Pessoal de vendas super-conectados". Os tablets estão mais presentes dentre o pessoal de vendas na Alemanha (31%) do que em todos os outros países (21% em média).

Medos e desejos

Principais preocupações com segurança? Nos EUA, o país com maior experiência de gerenciamento de tablets, a "questão de segurança" também está em primeiro lugar: 75% dos gerentes de TI dos EUA disseram haver necessidade de novas regras para segurança e uso do dispositivo.

E o acesso aos aplicativos? Quase metade (48%) de todos os gerentes de TI entrevistados concordam que o acesso aos aplicativos da empresa deve ser exclusivo dos funcionários. Canadá e Reino Unido são os países que mais querem acesso restrito aos dispositivos em formato de tablet (55% e 56%, respectivamente).

Aplicativos personalizados? Os gerentes de TI em todos os países pesquisados concordam que os aplicativos personalizados para os tablets beneficiariam seus negócios.
Principais recursos da "lista de desejos"? Em todo o mundo, 75% de todos os gerentes de TI indicaram que o email e compartilhamento de documentos "são absolutamente necessários".
Cerca de metade concorda ou concorda muito com o grande desejo de: videoconferência, IM, acesso ao banco de dados da empresa, e sincronização integral com outros dispositivos de negócios.

"BYOD"

Negação de BYOD. Em todo o mundo, 48% disseram que a empresa nunca deveria autorizar os funcionários a trazerem seus próprios dispositivos (bring your own devices -- BYOD), no entanto 57% disseram que alguns funcionários usam seus dispositivos sem consentimento.
51% dos entrevistados responderam que o número de funcionários que trazem seus próprios dispositivos para o trabalho está aumentando.

O uso de dispositivo pessoal sem consentimento foi mais alto nos EUA (64%) e mais baixo na Alemanha (49%).

O acesso aos servidores da empresa foi destacado como um "problema enorme" do fenômeno "bring your own device", igual ao dos dispositivos perdidos/roubados (64% em todo o mundo).
Em todo o mundo, 44% disseram que o problema com BYOD tira a atenção da TI de outros projetos importantes. Site: http://www.cisco.com

Links úteis aos usuários

Clique aqui e compare preços de produtos e serviços de informática

Clique aqui e compare preços de centenas de produtos

Matérias relacionadas

- Trabalho remoto é bom para você e para o planeta

- Estudo aborda mitos da Consumerização de TI

- Estudo traça perfil do empreendedor digital brasileiro


Leia também outras matérias da seção Pesquisas:

- CANAL EXECUTIVO possui serviço de pesquisa sob encomenda

- Estudo aponta ideias de negócios mais procuradas

- Estudo mostra como a crise impacta as famílias

- Estudo detalha presença corporativa nas mídias sociais

- Estudo aponta mudanças de hábitos do e-consumidor

- Estudo mostra como empresas pretendem crescer nos próximos anos

- Brasileiro está pouco preparado para a aposentadoria

- Empresas vão investir mais em mídias sociais em 2012

- Estudo aponta mudanças na experiência de assistir TV

- Estudo vê maior vantagem competitiva em empresas que adotam business analytics

- Empresários e profissionais liberais já representam quase metade dos síndicos de SP

- Estudo mapeia área de compras nas empresas

- Empresas já reconhecem vantagens do uso de geomarketing

- Classe média emergente traz desafios às empresas, aponta estudo

- Profissionais trabalham além da conta e prejudicam saúde

- Executivos do país não estão prontos para atuação global

- Executivo de marketing não sabe agir ante revolução digital

- Estudo mostra que investir no cliente dá retorno certo

- Mais da metade dos gestores não atende expectativas dos comandados

Clique Aqui e Veja Mais Pesquisas
Leia Todas as Últimas Notícias