Tristeza do Jeca

(Zeze di Camargo e Luciano)


Hot tip:You can sing this song with a PC karaoke player!
With Microke you can sing Zeze di Camargo e Luciano songs and much more
See www.microke.com for details.

Lyric:




Nestes versos tão singelos,
minha bela, meu amor
Prá você quero contar
o meu sofrer e a minha dor
Eu sou como o sabiá,
quando canto é só tristeza
desde o galho onde ele está
Nesta viola, canto e gemo de verdade
Cada toada representa uma saudade
Eu nasci naquela serra,
num ranchinho à beira-chão
Todo cheio de buraco
onde a lua faz clarão
Quando chega a madrugada
Lá no mato a passarada
principia um barulhão
Nesta viola, canto e gemo de verdade
Cada toada representa uma saudade



Lá no mato tudo é triste,
desde o jeito de cantar
Sertanejo quando canta
tem vontade de chorar
E o choro que vai caindo
devagar vai se sumindo
como as águas vão pro mar
Nesta viola, canto e gemo de verdade
Cada toada representa uma saudade
Nesta viola, canto e gemo de verdade
Cada toada representa uma saudade