01-11-2002
O Adeuz.
Eztas má trassadas linha são as úrtima qui inscrevo pru sinhô.
Acabô seu disgoverno.
> Leia Mais

  01-10-2002
A filha psicóloga do caseiro - II.
Quem lhe envia esse e-mail é a filha de Alencarino, a Fatinha. Estou bastante atarefada com a finalização...
> Leia Mais

  01-09-2002
Nena e o presidente assarapantado.
Pode ficá bem assussegado. Essas má trassadas linha num é pra lhe pidí nada. Num é pra lhe jogá nada nas venta...
> Leia Mais

  01-08-2002
Férias em Brasílha.
Tamo de féria.
Durante u tempo qui trabaiêmo pru sinhô, nunca tiremo.
> Leia Mais

  02-07-2002
A queim interessá póça.
Adespois de arrecebê um morro de carta, telefone i mêio docêis, quiria ví a púbrico pra confirmá uma coiza: tô vivo...
> Leia Mais

  01-06-2002
Cléoso, o evangélico.
Na qualidade de filho primogênito de seu agregado em Cristo Alencarino e membro da Igreja Evangélica...
> Leia Mais

  01-05-2002
Alencarino e a Internet.
O Peagá falô pru Maciel, o da goela cumprida, que aqui num tiã ternéti. Dois dia adespois...
> Leia Mais

  01-04-2002
A invasão.
Rapaz-menino, o povo pensa que trabaiá mais prisidente é coisa fáci.
> Leia Mais

  04-03-2002
A carta do Peagá.
Primeira classe do vôo Varig 3037 Paris-São Paulo, 4 de março de 2002
> Leia Mais

  02-12-2001
A mensagem de Natal.
Mia fía Fatinha, que é chegada nas leitura difíce, me leu o discurso que Voz Celença fez nas Franssa.
> Leia Mais



 
 
Veja também:

Crônicas
O Caseiro do Presidente
Aboboral
Limeriques e Casteliques
Letras
Privadas do Mundo
Nestor & Laika
E-mails dos Leitores

Castelorama - Home page

Fale com Castelo

 
 

Crônicas  O Caseiro do Presidente  Aboboral  Limeriques e Casteliques  Letras  Privadas do Mundo  Fale com Castelo