Plano de mesa

Um dos segredos para o sucesso de uma reunião em volta da mesa - seja um jantar social ou um almoço de negócios - é a maneira certa de colocar pessoas com interesses comuns e afinidades perto umas das outras.

Longe de ser uma frescura, esse detalhe é fundamental quando se trata de fazer a conversa fluir bem ou concretizar um negócio importante. E, normalmente, as pessoas esperam que alguém - o dono da casa ou representante da empresa que convida - indique exatamente onde cada um deve sentar.

Ao contrário do que se imagina a frase: “sentem-se onde quiserem”, em vez de facilitar, acaba causando mais confusão e gerando dilemas do que se todos seguirem uma só orientação.

Assim, de uma forma geral procure seguir estas diretrizes.

Socialmente:

» Intercale sempre que possível um homem e uma mulher;

» À direita de quem convida vai o convidado ou convidada de honra - sempre seguindo o conceito de intercalar homens e mulheres;

» Quando não há convidado de honra, senta-se à direita do anfitrião a senhora mais idosa presente. E, no caso de anfitriã, o senhor mais velho;

» Em refeições com mais de 6 ou 8 pessoas é interessante que os donos da casa - ou representantes da empresa que convida - sentem-se no centro da mesa retangular, um em frente ao outro, para distribuir melhor a conversa;

» Marido e mulher devem sentar-se longe um do outro. É uma convenção que demonstra boa vontade para conhecer outras pessoas;

» Nem todos os convidados devem ser casais. No entanto, o mesmo número de homens e mulheres equilibra os assuntos, além de ser mais estimulante do que um bando de marmanjos ou uma porção de mulheres juntas;

» Convidar apenas pessoas da mesma profissão ou interesses é um falso conceito de harmonia social - ela pode, rapidamente se transformar em tédio. Assim, não tenha medo de incluir pessoas “diferentes” ou de outras profissões: todo mundo gosta de variar o assunto e ouvir outros pontos de vista;

» Não há o menor problema em misturar família com amigos. Evite no entanto assuntos estritamente familiares ou fofocas que interessam apenas a vocês durante a conversa. A mesma coisa ou até pior, é ficar horas falando da empresa ou de trabalho, enquanto alguém fica totalmente “fora” da conversa;

» Em almoços profissionais, quem define quem senta é o profissional superior da empresa que convida. Senta-se à direita de quem convida o convidado mais importante na hierarquia da empresa, independente de ser homem ou mulher. A sua esquerda senta-se o segundo na hierarquia da empresa convidada. Se for um grupo com cargos equivalentes respeita-se o conceito de intercalar homens e mulheres.