• Cidade
CEF testa novo sistema para reduzir fila

ECONOMIA — Caixa Econômica Federal marca com antecedência horário para cliente ser atendido na agência de Santa Cruz do Rio Pardo



Em frente dos caixas o cliente pode aguardar sentado o atendimentoA Caixa Econômica Federal (CEF) de Santa Cruz do Rio Pardo implantou há um mês, em caráter experimental, novo sistema de atendimento. O cliente marca hora para ser atendido nos caixas da agência. A medida visa reduzir as filas.
O modelo começou em Caxias do Sul (RG). A CEF planeja estender o projeto-piloto para todas as agências.
O cliente marca hora por telefone ou na própria agência para quem utiliza serviços dos caixas (desconto de cheques e recebimentos diversos), ou o atendimento ao trabalhador (FGTS, PIS, Bolsa Família, Cartão do Cidadão, etc). Por ser banco estatal, a agência presta vários serviços sociais aumentando com isso o volume de pessoas nas agências.
Para marcar hora, o cliente deve ligar para a linha exclusiva (14) 3372-4148, das 9h às 15h e escolher o horário que melhor lhe convier, inclusive para os dias seguintes. “Aí é só se dirigir à agência e aguardar a chamada pelo nome. Outra grande vantagem do atendimento com hora marcada é que não há mais necessidade de se perder tempo em filas, nem de se dirigir ao banco nas primeiras horas da manhã para pegar senha”, explicou o gerente de relacionamento José Roberto Gomes Lorenzetti. Os clientes das cidades da região também podem marcar seu horário para qualquer dia da semana. Na quinta-feira de manhã, por volta das 11h, a auxiliar de pesposto Cristiane Maria Ferreira, 27, aguardava sentada em frente ao caixa a vez de ser atendida para dar entrada no pedido do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Ela veio no dia anterior e marcou o horário para ser atendida na quinta. Na opinião dela, o sistema é melhor porque reduz a permanência em fila. A reportagem constatou que ela foi atendida depois de 15 minutos do horário previamente agendado. O lavrador Adilson Aparecido Teodoro afirma que a vantagem é a de não enfrentar fila se fosse pelo sistema convencional. Ele esteve por volta das 10h30 na agência e marcou para ser atendido às 11h30. Paulo Sergio Prudente marcou no dia anterior para ser atendido na quinta por volta das 11h. “Na verdade, demorou 10 minutos além do horário para ser chamado”. Ele foi à agência retirar o cartão Cidadão e o PIS.