• Cidade
Garota de Santa Cruz do Rio Pardo
mobiliza autora global via internet

INTERATIVIDADE — Glória Perez, autora da novela “América”, atendeu solicitação feita em site


A página no Orkut; na foto menor, Glória PerezUma garota de apenas nove anos, moradora de Santa Cruz do Rio Pardo, conseguiu atrair a atenção de Glória Perez, autora da novela América, da Rede Globo. Nathalia Channoschi Anastácio criou há apenas três semanas uma comunidade no Orkut — um site mundial de relacionamento — em homenagem ao seu irmão, Nathan Channoschi de Souza Anastácio, 4, portador da Síndrome de Down. “Meu nome é Nathalia, tenho nove anos e quero mostrar para o mundo o quanto amo meu irmão” — essa é a mensagem de abertura da comunidade “Amor supera deficiências”, criada pela garota. Até a última sexta-feira, a comunidade tinha atraído quase 600 membros — entre eles, a autora global.
Na última segunda-feira, 8, o pai de Nathalia, Fernando de Jesus Anastácio, encontrou a página de Glória Perez no site Orkut e deixou um convite para que ela conhecesse a comunidade.
A autora vem mostrando a realidade dos portadores de necessidades especiais na novela América. No mesmo dia, Glória não apenas aderiu à comunidade, como criou um tópico no fórum de discussões, elogiando a iniciativa de Nathalia e pedindo aos participantes sugestões sobre que aspectos do tema “deficiência física” gostariam de ver retratados na novela.
Embora o site Orkut esteja “infestado” de falsas celebridades, a página de Glória Perez é verdadeira. O endereço ganhou notoriedade poucas semanas antes da novela América estrear, quando um grupo de defensores dos animais “invadiu” o site para protestar contra as cenas de rodeio que seriam exibidas, classificando-as de cruéis. Nathalia e seu irmão, NathanA autora recebeu milhares de mensagens agressivas, algumas com fotografias chocantes do corpo de sua filha — a atriz Daniela Perez, assassinada pelo ator Guilherme de Pádua — e sugerindo uma comparação entre o homicídio e a participação de animais na novela. Em pronunciamentos à imprensa, ela relatou a situação e confirmou que a página disponível no Orkut era realmente sua.
Equoterapia — Um dos pedidos feitos por Nathalia à autora foi que a novela mostrasse cenas de equoterapia — um tratamento com cavalos para portadores da Síndrome de Down. Na última semana, a novela contou com a participação da adolescente Paula Werneck, de 17 anos, portadora da doença. Em uma das cenas, ela praticava equoterapia. O objetivo de Nathalia é que, por meio da novela, as pessoas se conscientizem dos benefícios do tratamento e se empenhem para que seja desenvolvido — especialmente em Santa Cruz do Rio Pardo, onde ainda não está disponível.