O premiado filme "Central do Brasil" retrata com emoção o cotidiano de milhões de brasileiros que vivem migrando pelo país em busca de um lugar ao sol, por condições mais dignas de vida, vindos das regiões mais pobres do Norte e Nordeste, geralmente se estabelecendo em São Paulo ou no Rio de Janeiro.


No filme, Fernanda Montenegro vive Dora, uma mulher que ganha vida escrevendo cartas para analfabetos na estação Central do Brasil, no Rio de Janeiro. Cada relato revela uma das inúmeras facetas que compõem a vida brasileira. Dora tem como cliente Ana, que sempre lhe pede para escrever cartas para o marido. Ana vem acompanhada de Josué, seu filho que aos nove anos ainda não conhece o pai. Numa dessas consultas, Ana é atropelada e morre. Josué fica abandonado.

A contragosto, Dora acaba acolhendo o menino e envolvendo-se com ele, não sem antes colocar-se com o menino em situações de risco iminente. Sente-se, então, na obrigação de levar o garoto ao encontro do pai. A viagem mostra um Brasil agreste, endurecido e cheio de perigos. A cumplicidade entre os dois cresce à medida que o tempo passa.

A personagem de Fernanda Montenegro tenta se valer de uma realidade com a qual tenta não estabelecer nenhum vínculo emocional. Mas, aos poucos, é envolvida e transformada por ela. Josué é a vítima que a chama à responsabilidade que não pretende assumir. Ao mesmo tempo, para o menino, conhecer o pai torna-se a possibilidade de entrar em contato com um universo novo, do qual não tem a menor idéia, e que nem por isso será alentador.

A construção coerente desses personagens e da própria história são os principais trunfos de "Central de Brasil", um filme que faz jus a todas as premiações obtidas até agora, entre elas, o Urso de Ouro, para melhor filme, Urso de Prata para melhor atriz e prêmio de melhor filme do júri ecumênico do Festival de Berlim de 1998 e prêmio de melhor roteiro do Sundance Festival (EUA). As indicações ao Globo de Ouro confirmam a trajetória desde já vitoriosa de "Central do Brasil", certamente o melhor filme brasileiro realizado nos anos 90.


FICHA TÉCNICA:

Direção
Walter Salles

Produção
Arthur Cohn
Martine de Clermont-Tonnerre

Produção Executiva
Elisa Tolomelli
Lillian Birnbaum

Produtor Associado
Paulo Brito
Donald anvaud

Roteiro
João Emanuel Carneiro
Marcos Bernstein

Baseado em idéia original de
Walter Salles

Direção de Fotografia
Walter Carvalho

Edição
Isabelle Rathery
Felipe Lacerda

Direção de Arte
Cássio Amarante
Carla Caffé

Música
Antônio Pinto
Jaques Morelembaum

Som
Jean-Claude Brisson

Figurino
Cristina Camargo

Produção de Objetos
Mônica Costa

Assistente de Direção
Kátia Lund

Continuidade (Nordeste)
Adelina Pontual

Elenco
Sérgio Machado

Direção de Produção
Marcelo Torres
Afonso Coaracy

Coordenação de Produção
Beto Bruno

Maquiagem
Antoine Garabedian
ELENCO:

  • Fernanda Montenegro - Dora
  • Marília Pêra - Irene
  • Vinícius de Oliveira - Josué
  • Sôia Lira - Ana
  • Othon Bastos - Cezar
  • Matheus Nachtergaele - Isaías
  • Caio Junqueira - Moisés
  • Otávio Augusto - Pedrão
  • Stella Freitas - Yolanda
  •  

     

     

     

     

     

  • Site Oficial do filme
    "Central do Brasil"


  • OS PRÊMIOS DE CENTRAL DO BRASIL

    • Globo de Ouro - Melhor Filme Estrangeiro - EUA - 1999
    • Satélite de Ouro - Academia Internacional de Imprensa - EUA - 1999
    • Prêmio "Cinema 100" - Festival Sundance - EUA - 1998
    • Urso de Ouro (melhor filme) - Festival de Cinema de Berlim - Alemanha - 1998
    • Urso de Prata (melhor atriz: Fernanda Montenegro) - Festival de Cinema de Berlim - 1998
    • Prêmio de Melhor Filme (júri ecumênico) - Festival de Cinema de Berlim - Alemanha - 1998
    • Prêmio do Público - Festival de Cinema de San Sebastian - Espanha - 1998
    • Prêmio da Juventude - Festival de Cinema de San Sebastian - Espanha - 1998
    • Câmera de Ouro - Festival Manaki Brothers - República da Macedônia - 1998
    • Prêmio Especial do Eurásia Film Festival, dado pela União dos Cineastas Eurasianos pela contribuição de "Central do Brasil" ao renascimetno do cinema humanista - Cazaquistão - 1998
    • Prêmio do Público - Festival Internacional de Cinema de Sarlat - França - 1998
    • Prêmio da Crítica - Melhor Atriz: Fernanda Montenegro - Festival Internacional de Cinema de Fort Lauderdale - EUA - 1998
    • Golden Frog - Festival Internacional da Arte da Cinematografia (Camerimage) - Polônia - 1998
    • Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro - National Board of Review (Associação Norte-americana dos Críticos de Cinema - EUA - 1998
    • Prix de la Fondation Gan - França - 1998
    • Prêmio Especial do Júri (melhor filme) - Festival Internacional de Cinema de Havana - Cuba - 1998
    • Melhor Ator Jovem (Vinícius de Oliveira) - Festival Internacional de Cinema de Havana - Cuba - 1998
    • Melhor Atriz do Ano (Fernanda Montenegro) - Los Angeles Film Critics (Associação dos Críticos de Los Angeles) - EUA - 1998
    • Margarida de Prata - Melhor Filme Nacional - CNBB - Brasil - 1998
    • Prêmio Ministério da Cultura - Brasil - 1998